Giro nos Estados

Leonardo Rodrigues é anunciado como secretário de Ciência e Tecnologia do governo Witzel

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), confirmou nesta segunda-feira (26) três novos titulares que irão compor a estrutura do futuro Governo do Estado. O empresário Leonardo Rodrigues será o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia; na Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), o presidente será o doutor em Biofísica e professor Jerson Lima da Silva; e o economista e professor Luís Mauro Santos Silva estará à frente da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec).

O nome do futuro secretário de Estado de Ciência e Tecnologia foi anunciado durante reunião com representantes das universidades públicas do Rio de Janeiro, entre eles os reitores da UERJ, Ruy Garcia Marques, da UENF, Luis Passoni, da UniRio, Luiz Pedro San Gil Jutuca, o vice-reitor da UFF, Fábio Barboza Passos, a pró-reitora de extensão da UFRJ, Maria Malta, e a pró-reitora de pesquisa da UEZO, Maria Cristina Assis.

PERFIL DOS NOVOS INTEGRANTES

  • Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia

Leonardo Rodrigues: 43 anos, é empresário do ramo aeronáutico com mais de 20 anos no Mercado Aeronáutico e defesa. É gestor de empresas do ramo de manutenção e modernização de aeronaves, credenciado como auditor de qualidade pelo IFI/CTA. Consultor aeronáutico para projetos comerciais e de desenvolvimento de novos produtos. Desenvolvedor de equipamentos e dispositivos de inovação com ênfase em segurança aeronáutica. É casado e pai de dois filhos.

  • Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj)

Jerson Lima da Silva: é professor titular no Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ desde 1997. Tornou-se doutor em Biofísica em 1987 e diretor do Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear Jiri Jonas em 1998. Silva é membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Mundial de Ciências (TWAS) – para o Avanço da Ciência em Países em Desenvolvimento e da Academia Nacional de Medicina, principal centro da América Latina aparelhado com equipamentos de ressonância magnética nuclear (RMN) de alto campo. Coordenou o Instituto Milênio de Biologia Estrutural em Biomedicina e Biotecnologia (IMBEBB) apoiado pelo CNPq e coordena o INCT de Biologia Estrutural e Bioimagem desde 2008. Jerson Lima Silva também atuou como Diretor Científico da Faperj entre 2003 e 2018.

  • Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec)

Luís Mauro Santos Silva: 52 anos, é economista, professor e pós-graduado em Sistema de Telecomunicações pela UFRJ. Foi presidente da Associação Brasileira de Televisão por UHF (ABTU) em 2006 e 2007, ganhador do prêmio Top Business e foi indicado para o Prêmio The Bizz Awards de 2018 na categoria empreendedorismo.

Fonte: Portal G1

Próximos Eventos