+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Instituições paraenses participam de capacitação voltada à acreditação de laboratórios

Mais de 100 técnicos, docentes, pesquisadores e outros profissionais atuantes em laboratórios de instituições paraenses participaram da programação para capacitação em gestão de qualidade em laboratórios de ensaio e calibração, que terminou hoje, dia 7. O evento é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que busca fornecer instruções para que os laboratórios do Estado conquistem a “acreditação”, ferramenta esta estabelecida pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para reconhecer formalmente a competência técnica das organizações que realizam avaliação da conformidade.

Desde 2012 a Secti, por meio da sua Diretoria de Inovação Tecnológica (DIT), apoia a acreditação de laboratórios realizando capacitações no intuito de criar as condições necessárias para certificar a qualidade dos produtos originados da biodiversidade estadual.
A programação deste ano, que aconteceu na Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec), contou com três cursos inéditos: “Curso de Cálculo da Incerteza de Medições”, “Curso de Sistema de Indicadores de Desempenho para Laboratórios” e “Curso de Validação de Métodos de Ensaio”.
“Os cursos ofertados neste ano estão em consonância com as exigências do Inmetro. O de Validação de Métodos de Ensaio, por exemplo, permitiu aos participantes demonstrar e confirmar que um método é adequado ao uso pretendido, conforme consta na norma ISO/IEC 17025. Já o curso de Cálculo da Incerteza de Medições capacitou os participantes para o conhecimento das incertezas e margens de erro nos processos metrológico, o que aumenta a margem de confiança da análise realizada”, explica a gerente de qualidade da Secti, Eliete Barroso.
O pesquisador Miguel Braga, integrante do Laboratório de Pesquisa e Análise de Combustíveis da UFPA (LAPAC), participou de dois cursos da programação deste ano, pois pretende iniciar o processo de acreditação de laboratório em breve. “A capacitação será fundamental para o trabalho realizado no LAPAC, pois nos faz ficar familiarizados com a linguagem ligada à qualidade exigida pelo Inmetro. Ao dominar essa linguagem, cria-se uma cultura da qualidade dentro do laboratório”, afirma o pesquisador.
Em virtude da grande demanda pelos cursos, a Secti pretende ofertar novas capacitações no segundo semestre deste ano, em data ainda a ser definida pela Secretaria.
Fonte: SECTI-PA

Próximos Eventos