Giro nos Estados

Inovamazonas incentiva a criação de Fundo de Capital de Risco no Estado

Estimular a criação de um Fundo de Capital de Risco de empresas no Amazonas, que está sendo chamado de Investamazonas, é um dos objetivos do III Workshop Internacional de Inovação do Amazonas (www.inovamazonas.com.br) (Inovamazonas). O evento encerra nesta quinta-feira (08), com destaque para o sucesso de público.

Como forma de abrir caminho para a implantação do Investamazonas, foi proferida palestra para tratar sobre o assunto, ministrada pelo empresário José Lavaquial – sócio da Hubz. O especialista apontou durante a apresentação quais os passos legais para a criação de um fundo, tais como: oficialização, criação de regulamento e composição de uma equipe de investidores qualificados.

“Essa parte da formalização é a mais demorada. Há uma burocracia bem grande para se oficializar. E além dessa parte, antes de tudo é preciso fazer uma pesquisa para identificar os segmentos mais propensos para a criação do fundo e a partir daí, começar a busca por investidores que tenham o mesmo interesse”, disse Lavaquial.

Segundo o empresário, todo fundo de investimento precisa contar com um grupo de pessoas que tenha o mesmo objetivo. “Hoje, o mercado mudou de postura. Quanto mais você estiver unido com outros investidores, mais garantias e menos riscos você corre”, completou.

Como conseguir Capital de Risco

 

Outra palestra que atraiu a atenção do público foi sobre “Como conseguir Capital de Risco para sua Empresa”, ministrada pelo diretor da empresa Bug – Agentes Biológicos, Diogo Carvalho, que teve como tema “Como conseguir Capital de Risco para sua Empresa”.

Carvalho explicou que a sua empresa se especializou em produzir insetos (um tipo de larvas) em larga escala para controlar pragas e auxiliar na produção agrícola. “Em 2001, o primeiro fomento alcançado foi da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) no valor de R$ 75 mil. Investimos em equipamentos, mas o restante da empresa ainda precisava evoluir. Até que conseguimos outro investimento na mesma agência, que totalizou aproximadamente R$ 1 milhão”.

De acordo com o palestrante, o capital de investidores foi fundamental para o crescimento da empresa que, desde então,  só se valorizou. “É preciso você entender que quando o investidor entra na sua empresa, você vai passar a trabalhar como um funcionário. Vai ter que cumprir metas e muitas vezes, vai passar a responder a uma outra pessoa que ainda vai ganhar mais que você. É por coisas desse tipo que muitos empreendedores não se adaptam aos investidores de capital de risco. Mas, hoje valeu muito a pena”.

No Brasil, gasta-se sete bilhões de dólares no mundo com inseticidas. Daí, o amplo mercado para empresas desta área de biotecnologia.

Parceria

Para orientar a criação do Investamazonas, foi firmada parceria com o Criativos – entidade que possui um selo de diferencial mercadológico e representa empresas com alto potencial criativo. Essa parceria possibilitou trazer para o evento empresários renomados para tratar sobre temas no âmbito da inovação tecnológica.

 Inovamazonas

 O III Workshop Internacional de Inovação do Amazonas (INOVAMAZONAS 2012) é uma iniciativa do Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (www.cienciaempauta.am.gov.br) (SECTI–AM). É realizado em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (www.suframa.gov.br) (Suframa) por meio do Centro de Biotecnologia da Amazônia (www.suframa.gov.br/cba) (CBA), Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (www.fieam.org.br) (Fieam), Serviço Brasileiro de Apoio a Pequena Empresa (www.sebrae.com.br/uf/amazonas) (Sebrae/AM) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (www.fapeam.am.gov.br) (Fapeam). Este ano, o tema do evento é “ Investidores de Risco”.

 Fonte: CIÊNCIAemPAUTA, por Danyelle Soares

Próximos Eventos