+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Inicia a operação do primeiro polo tecnológico da Serra (RS)

O governador José Ivo Sartori acompanhou, nesta sexta-feira (4), o início da operação do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (TecnoUCS), pioneiro na Serra gaúcha. Certificado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o TecnoUCS passa a ser um elo e articulador entre a universidade e os setores público e empresarial da região.

“O Programa de Apoio aos Parques Tecnológicos do Governo do Estado está sendo aprimorado, principalmente porque precisa ser menos burocrático. Nossa meta é torná-lo mais próximo da dinâmica das universidades e das empresas que apoiam o desenvolvimento do setor no Rio Grande do Sul”, destacou o governador.

Para Sartori, o novo polo trará efeitos em cadeia para a economia do Estado, além de ser uma matriz de produção e sustentabilidade, em sintonia com a realidade regional.

“O Rio Grande do Sul tem 15 parques tecnológicos, 23 universidades, 113 institutos de pesquisa, um sistema financeiro próprio [Banrisul, Badesul e BRDE], mão de obra qualificada, além da posição geográfica estratégica dentro do Mercosul. Estamos atuando pela desburocratização administrativa e para incentivar novos investimentos. O poder público enfrenta dificuldades, mas há o Rio Grande que dá certo. Não temos preconceito contra quem trabalha e produz”, salientou.

Receberam o governador o presidente do Conselho Diretor da Fundação Universidade de Caxias do Sul, Ambrósio Luiz Bonalume, e o reitor Evaldo Kuiava. O vice-prefeito Antonio Feldmann representou o Executivo local. Também estiveram presentes o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Renato de Oliveira, o vice-presidente do BRDE, Odacir Klein, o secretário adjunto do Planejamento e Desenvolvimento Regional, José Reovaldo Oltramari, representantes do setor empresarial e lideranças políticas e administrativas dos municípios da região da Serra.

O TecnoUCS será, também, responsável pelo fluxo de conhecimento e tecnologia voltado para a geração de ideias inovadoras, para a solução de problemas das empresas ou para a criação de produtos ou processos com potencial de se tornarem empreendimentos rentáveis e competitivos no mercado.

Fonte: SDCT-RS

Próximos Eventos