Giro nos Estados

IFMT deve assumir prédio das escolas técnicas estaduais em 2014

Dentro de dois meses o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) vai assumir o prédio da Escola Técnica Estadual (ETE) de Diamantino (208 km ao Médio-Norte) e no prazo de 180 dias, a ETE de Tangará da Serra (240 km ao Médio-Norte). Por enquanto, os trabalhos ainda serão compartilhados entre o Estado e o Governo Federal até que os cursos técnicos ofertados pelo Estado e ainda em andamento sejam finalizados.

O reitor do IFMT, José Bispo Barbosa, se reuniu no dia 16 de janeiro com o secretário estadual de Ciência e Tecnologia (Secitec), Rafael Bastos, para tratar da expansão do IFMT no interior de Mato Grosso. Além das unidades de Diamantino e Tangará da Serra, o IFMT também deve assumir a ETE de Lucas do Rio Verde. A mensagem da doação do prédio está na Secretaria de Estado de Administração (SAD) e deve ser enviada a Assembleia Legislativa para o aval do Poder Legislativo.

Outra unidade estadual já doada é o antigo Cenfor (Centro Público de Formação Profissional (Cenfor)de Pontes e Lacerda. O IFMT recebeu o prédio do Estado há mais de cinco anos.

Com as duas escolas técnicas do Estado, o IFMT deve expandir para 17 unidades e quatros núcleos em Jaciara, Campo Verde, Jauru e Poconé. Estes ligados a alguma unidade do IFMT.

O reitor explica que a doação dos prédios se fez necessária para a expansão do ensino técnico e para viabilizar isso, o Estado doou prédios de suas escolas técnicas para garantir o acesso do ensino técnico e de cursos superior ao estudantes do interior.

O secretário adjunto da Secitec, Adriano Breunig, explica que se não houvesse essa doação as unidades do IFMT poderiam ter migrado para outros estados. “O MEC (Ministério da Educação) tinha estabelecido que as novas unidades deveriam começar a atuar em 2014. Se fosse ser feita a construção não teria dado tempo”, explicou.

As ETEs vão continuar nos municípios, mas agora em locais doados pelas prefeituras municipais.

Na avaliação de Breunig, quem ganha com isso é a população com mais ofertas de cursos técnicos, cursos de qualificação e técnico superior.

Concurso

O reitor do IFMT disse que será realizado novos concursos públicos do IFMT ainda este ano. O próximo será para a contratação de 55 professores. Também esta previsto para 2014 concurso para técnico e outro para docentes no final do ano. “Estamos chegando a quase dois mil servidores em Mato Grosso”, comentou.

Fonte: SECTEC-MT

Próximos Eventos