Giro nos Estados

Huawei inaugura novo Centro de Experiência em Inovação em São Paulo

A Huawei inaugurou nesta sexta-feira, 7, o novo Centro de Experiência em Inovação e Integração de Soluções para Clientes (CSIC, na sigla em inglês), em São Paulo, que vai se unira uma rede de global de 15 laboratórios técnicos de ponta no mundo que permite aos clientes experimentar e arquitetar soluções, além de validar em tempo real o impacto da adoção de novas aplicações e serviços em suas linhas de negócio.

Segundo Wei Yao, CEO da empresa no Brasil, o centro tem um importante papel em ajudar a nova geração de engenheiros e pesquisadores, abrindo oportunidades para o futuro.

André Borges, secretário de Telecomunicações do MCTIC, que participou da cerimônia de inauguração (foto), disse que a nova Lei Geral de Telecomunicações, vai viabilizar investimentos em políticas públicas para levar a conectividade a todas as cidades do Brasil, através de rede de fibras óticas, rádio. 3G e 4G, criando verdadeiras smart cities.

Centro

Projetado para atender as necessidades de seus clientes no Brasil, o CSIC da Huawei contempla soluções de tecnologias avançadas como Cloud, Big Data, Data Center e IoT. O objetivo é mostras como essas tecnologias podem ser aplicadas dentro das corporações, ajudando os clientes a prepararem-se para os desafios futuros e planejarem suas próprias arquiteturas de forma mais efetiva.

Kleber Faccipieri, líder de Transformação Digital da Huawei Brasil, disse que o centro não´é um show room, mas um ambiente de aplicações reais. “O data center aqui instalado monitora mais de 50 bilhões de dados que trafegam pelas redes e telecomunicações dos clientes globalmente”.

O CSIC da Huawei oferece um ambiente de experiência de cases em tempo real, teste de ideias, modelos e serviços com o apoio da equipe de especialistas da empresa. Este ambiente agiliza os procedimentos de preparação da solução de TIC a ser simulado, o que acelera as principais etapas de criação de novos processos. Uma vez que o cliente esteja satisfeito com a experimentação realizada, ele poderá se preparar para provas de conceito de forma mais rápida, reduzindo o tempo de testes e lançamento (time-to-market) de novos serviços para consumidores.

A plataforma de experimentação como o CSIC foi resultado de diversas pesquisas realizadas pela empresa com seus clientes. “Percebemos que os nossos clientes precisavam experimentar as novidades tecnológicas de maneira ágil, além de testar ideias e visualizar resultados. Ao simular arquiteturas em ambientes reais e contar com o suporte de nosso time de experts globais, nossos clientes no Brasil poderão reduzir as etapas iniciais do desenho da solução e acelerar o desenvolvimento de novos serviços para o mercado”, explicou Faccipieri.

Fonte: TI Inside

Próximos Eventos