Giro nos Estados

Governo do Paraná estuda parceria com universidade tecnológica francesa

Uma reunião na tarde desta quarta-feira (16), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, presidida pelo vice-governador do Paraná, Flávio Arns, e que contou com a participação do secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, deu continuidade às conversas com autoridades da região de Picardie, na França, para a elaboração de um protocolo de intenções, visando à cooperação para transferência de conhecimento e tecnologia, que contribuam para o desenvolvimento de competências em gestão pública.

O protocolo deve ser assinado entre o Governo do Estado, a Secretaria da Administração e da Previdência – Escola de Governo, Universidade Tecnológica de Compiègne e Região de Picardie. “Representa importante avanço no compartilhamento de experiências e transferência de conhecimentos e tecnologias, impactando na inovação de ações, na modernização de processos de trabalho e melhoria na qualidade dos serviços prestados”, destacou a gerente executiva da Escola de Governo, da Secretaria da Administração e da Previdência (Seap), Francine Wosniak.

De acordo com o assessor especial do presidente do Conselho Regional da Picardie, Jacques Secret, a região tem investido em indústria e inovação. Há várias ações de cooperação tecnológica já desenvolvidas com entidades brasileiras, particularmente no Paraná, em setores como o alimentício, o melhoramento genético e o ensino superior. “Viemos com vontade de ir mais longe nessa cooperação e parceria”, afirmou Secret.

Região no norte da França, nas proximidades de Paris, Picardie tem 1,9 milhão de habitantes e 7.500 estabelecimentos industriais, sobretudo nas áreas de mecânica, plásticos e compostos, e agroindústria. Das 22 regiões francesas, ela ocupa o sétimo lugar em inovação com 5.300 pesquisadores e mais de 150 laboratórios, com destaque para biomassa, transporte terrestre, sobretudo as ferrovias, e têxtil.

O vice-governador reforçou a necessidade de estabelecer um protocolo de intenções de maneira compartilhada. “Precisamos formalizar para direcionar os objetivos comuns de maneira clara e ter mecanismos para acompanhar os projetos e nos debruçarmos permanentemente nos resultados”, afirmou Arns.

Também participaram da solenidade, entre outros, representando a coordenadoria de Ciência e Tecnologia da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Elizabeth Lunardi; a diretora-geral da Secretaria da Administração e da Previdência, Samira Tomita; a chefe de gabinete da Seap, Denise Guimarães; o diretor da Paraná Educação, Sidney Pinheiro Gonçalves; o diretor do Tecpar, Júlio Salomão; o assessor da presidência da Federação das Indústrias do Paraná, Ramiro Warhaftig; o diretor de Indústria, Pesquisa e Inovação da Região de Picardie, Arnaud Riquier; o responsável pela Pesquisa Internacional de Picardie, Karl Tourais; o consultor internacional da Universidade Tecnológica de Compiègne, Max Schaegger; e a diretora do Polo de Competitividade Indústrias e Agrorecursos, Caroline Rayol.

Fonte: SETI-PR

Próximos Eventos