Giro nos Estados

Governo do Paraná entrega melhorias na Unioeste e institui Polo de Tecnologia do Sudoeste

O governador Beto Richa entregou nesta segunda-feira (25) o Bloco V e o auditório reformado da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). No evento, o governador entregou uma van à Unioeste e assinou decreto que institui o Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Sudoeste, com base em Francisco Beltrão. Participaram da solenidade o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, o prefeito de Francisco Beltrão, Antonio Cantelmo Neto, e o reitor da Unioeste, Paulo Sérgio Wolff.

Os investimentos no novo bloco e no auditório da Unioeste somam R$ 2,9 milhões. A construção do novo bloco, que tem 2.640 metros quadrados, recebeu R$ 1,9 milhão, sendo R$ 400 mil do Governo Federal. Richa ressaltou que o ensino superior gratuito e de qualidade é prioridade nesta gestão, não apenas na ampliação da oferta de vagas em cursos de graduação e pós-graduação, mas também para o fortalecimento do sistema de pesquisa, ciência e tecnologia, um dos pilares do desenvolvimento econômico e social paranaense – como foi apontado na Lei Estadual da Inovação, sancionada recentemente.

“O Paraná é um dos Estados que mais investe em ensino superior em todo o país”, afirmou Beto Richa. São destinados às sete universidades estaduais, em média, R$ 1,7 bilhão ao ano. “São investimentos na contratação de mais professores, ampliação das vagas dos cursos de graduação e pós-graduação, em equipamentos, laboratórios, ampliação das universidades em campus em outras cidades”, disse Richa.

A formação de profissionais de nível superior, assim como de mestres e doutores, forma a massa crítica de intelectuais, cientistas e pesquisadores de que o Estado precisa para atingir novos patamares de desenvolvimento cultural, científico e tecnológico.

Em Francisco Beltrão, além da entrega do novo bloco e da reforma completa do auditório da Unioeste, destacamos a abertura do curso de Medicina e o investimento, de R$ 17 milhões, no centro universitário de saúde para a implantação da estrutura necessária de laboratórios e equipamentos para o curso”, afirmou.

“Esse é um momento importante para a Unioeste, com um investimento que mostra o compromisso do governo do estado com a educação e ensino superior”, afirmou o secretário João Carlos Gomes. Ele lembrou que até o ano que vem serão 57% de aumento salarial aos professores do ensino superior. Até agora, o aumento chega a 37%.

“O curso de medicina transformará esta região em uma área de excelência em saúde e educação”, disse o secretário, lembrando que também está previsto o uso do Hospital Regional do Sudoeste em hospital universitário para os próximos anos.

Para o reitor da Unioeste, Paulo Sérgio Wolff, o fortalecimento do campus da Unioeste de Francisco Beltrão se refletirá em desenvolvimento de toda a região. “O poder público, por meio do Governo do Estado, e a universidade, estão juntos com a sociedade abrindo caminhos para que o Sudoeste se desenvolva em diversas áreas do conhecimento. A Unioeste está no caminho certo para atender ao desenvolvimento da região”, afirmou ele. O reitor afirmou que estão previstos investimentos em todos os campus da Unioeste e que serão construídos um restaurante universitário em cada um dos cinco campus da Unioeste. Até a metade do ano que vem a Universidade Estadual do Oeste terá R$ 40 milhões em investimentos do governo.

PARQUE TECNOLÓGICO – No evento, o governador assinou decreto alterando o texto da lei que criou o Parque Tecnológico Virtual do Paraná. O decreto original institui polos regionais, entre eles o Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Oeste e Sudoeste do Paraná. Com a nova redação, ele foi desmembrado em dois polos: o do Oeste, baseado em Cascavel, e o do Sudoeste, em Beltrão. “A ideia é que seja implantado o mais rápido possível. Esperamos que até no início do ano que vem esteja funcionando e trazendo muito benefícios para esta região”, afirmou o governador.

Fonte: SETI-PR

Próximos Eventos