+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governo estadual incentiva empreendedorismo e inovação com o Programa Startup Pará

O Governo do Estado do Pará, por iniciativa da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), com apoio técnico da Fundação Guamá, realiza nesta terça-feira (14) o primeiro Demoday do Programa Startup Pará.

“O Demoday será um evento onde as vinte e sete Startups participantes terão a oportunidade de apresentar seu negócio para o mercado, parceiros e investidores de diferentes modalidades. Será uma grande oportunidade para as empresas e para os investidores conhecerem as startups e decidirem se têm interesse em investir no negócio, conversar com os fundadores e fazer networking. O programa traz um espírito inovador para o nosso estado e, certamente, irá alavancar a nossa economia, mas é preciso tempo para que ele realmente deslanche. Então nada melhor do que dar continuidade a esse programa, que iniciou no ano passado”, frisou o titular da Sectet, Carlos Maneschy.

O evento marca o encerramento da fase de execução do Programa Startup Pará, que, desde março deste ano, qualifica os participantes nas diferentes fases de um negócio, desde a validação de seus produtos, estratégias de vendas, até modelos e planos de negócios. Com isso, o programa busca cumprir um de seus objetivos, que é estimular a criação ou consolidação de negócios de base tecnológica e sustentáveis no Pará, gerando produtos e serviços com maior valor agregado e potencial para a geração de empregos. 

“O Demoday faz parte dos momentos de avaliação do programa, que considera, ainda, conforme estabelecido em seu edital, diferentes avaliações, permitindo, de forma objetiva, apoiar os empreendedores participantes. Fazer parte do programa de aceleração já é positivo para esses empreendedores, uma vez que, durante cerca de três meses, receberam oficinas, workshops, assessorias coletivas e individuais para melhorar suas ideias e empresas”, explica Maria Trindade, coordenadora do Programa Startup Pará na Sectet.

Além da qualificação dos participantes, o Startup Pará prevê investimentos financeiros para que os empreendedores desenvolvam mais suas iniciativas já existentes ou transformem suas ideias em negócios de sucesso. Estão previstos investimentos de R$ 2,8 milhões para 20 dos 27 participantes desta primeira edição, que contou, na sua fase inicial de inscrições, com mais de 100 projetos apresentados.

Dividido em duas modalidades, o programa dá oportunidade para empreendedores na fase de “Novos Negócios”, conhecida como fase de ideação, em que boas ideias são validadas e podem se transformar em empresas de base tecnológica. Nessa modalidade, além da qualificação realizada, cada projeto poderá receber até R$ 80 mil. Já na modalidade “Aceleração”, o Startup Pará incentiva empresas já existentes, qualifica seus produtos e iniciativas, bem como apoiará com investimentos de até R$ 200 mil por empresa. 

“O Startup Pará foi um verdadeiro MBA de alto nível, considerando os profissionais, conhecimentos e as experiências que tivemos ao longo da aceleração”, destaca Vítor Alves, CEO da startup Easy Gestor, que está na modalidade “Aceleração”.

O diretor-presidente da Fapespa, Marcel Botelho, também ressaltou a importância do programa.  “Estamos totalmente comprometidos com o desenvolvimento do empreendedorismo no nosso estado. Os recursos que a Sectet e a Fapespa estão destinando são para a melhoria dos processos dessas empresas já existentes e para aquelas ótimas ideias que, infelizmente, os empreendedores não tiveram a oportunidade de tirar do papel. Estamos com uma grande expectativa de bons resultados para este novo processo”, concluiu.

Fonte: SECTET Pará em 13/09/2021

Próximos Eventos