+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governo e empresários de TI trabalham em parceria em Alagoas

A parceria entre o governo de Alagoas e o setor produtivo é destaque no desenvolvimento de ações e projetos. Prova disso é que a implantação do Polo Tecnológico da Informação, Comunicação e Serviços (TICS), executado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), recebe apoio da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro). Em reunião nesta segunda-feira (30), o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação, Eduardo Setton, e o presidente da Assespro Nacional, Luís Mário Luchetta, debateram o funcionamento dos principais projetos e ações para Alagoas.

Eduardo Setton destacou o importante trabalho de mobilização que os empresários do segmento realizaram, por meio da Assespro e de outras entidades, desde 2004, para a elaboração do projeto do Cais Tecnológico tendo como base o parque tecnológico de Pernambuco – o Porto Digital. Porém, explica o secretário, o projeto iniciado há alguns anos pelo setor foi ampliado, dando maior sustentabilidade e passou a ser chamado de Polo de TICS de Alagoas e deverá desenvolver serviços diferenciados do parque pernambucano.

O secretário explicou ao presidente da Assespro Nacional que considerando um formato de governança mais sustentável, o governo optou para a criação do Parque Tecnológico Social de Alagoas o qual fará a gestão do Polo de TICS e dos outros Polos: Polo Tecnológico Agroalimentar de Arapiraca e de Batalha. “Até o final do ano serão elaborados os projetos complementares do Polo de TICS para a construção civil e a equipe técnica da Secti iniciou a elaboração dos documentos básicos”, informou o secretário.

“Fico feliz em ver que em Alagoas exista essa integração entre o setor público e o empresariado, situação que não encontramos com frequência em outros estados brasileiros”, parabenizou Luís Mário Luchetta. Ainda contribuindo na discussão da elaboração de políticas públicas voltadas para o setor, o presidente da Assespro Nacional citou como modelo interessante para consulta o Instituto Curitiba de Informática (ICI) que presta serviço de tecnologia para empresas e governos, sendo referência em todo o país.

O encontro também foi acompanhado pelo diretor de Assuntos Institucionais da Assespro Alagoas, Jean Paul Torres, que participou do início das discussões das políticas de fomento do setor e da construção da concepção do antigo “Cais Tecnológico”. O diretor da entidade e empresário do setor testemunhou que frequentemente os novos profissionais que saem das universidades estão sendo atraídos para outros estados, para outros centros tecnológicos, e que isso dificulta o crescimento do setor alagoano, porém, Torres considera que as propostas do governo de implantar um programa de fomento para manter os profissionais em Alagoas será estratégico para o êxito do Polo de TICS.

Fonte: Ascom – Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) – Alagoas

Próximos Eventos