Giro nos Estados

Governo do Rio Grande do Sul sanciona Lei do Prouni nesta sexta-feira

Programa de Assistência Estudantil busca ampliar eficiência da iniciativa

Ocorre nesta sexta-feira, 6 de julho, a sanção da Lei do Programa Universidade para Todos noRio Grandedo Sul (Prouni RS), iniciativa que concede bolsas de estudo do ensino superior a estudantes de baixa renda, similar a nacional. A solenidade será às 14h30, no Salão Alberto Pasqualini, do Palácio Piratini e contará com a presença do governador do Estado Tarso Genro.

“Além do Prouni/RS, estudamos lançar um Programa de Assistência Estudantil ampliando as condições de permanência dos estudantes na educação superior”, afirmou o secretário da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico(SCIT), Cleber Prodanov.

Após a solenidade de sansão do programa, será realizada a primeira reunião do Conselho Gestor e Executivo para detalhar o programa. A previsão é de que 500 alunos sejam beneficiados no início do ano que vem. A Fundação de Amparo à Pesquisa doRio Grandedo Sul (Fapergs) será responsável pelo edital, previsto para ocorrer em agosto, que irá selecionar as universidades que fazem parte do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), que irão ofertar as vagas.

As vagas serão destinadas a cursos de base tecnológica para as áreas de petróleo e gás, energia eólica e o setor naval, que são estratégicas para o desenvolvimento do RS. Vagas de bacharelado, principalmente na área de engenharia, devem ser ofertadas no futuro. Cada aluno deve custar R$ 700 mensais aos cofres públicos. O investimento previsto até 2014 é de R$ 43 milhões.

Poderão se inscrever no ProUni RS alunos que ainda não têm diploma de nível Superior, que vivem no Estado há, no mínimo, dois anos e que não são beneficiários do ProUni nacional. Em contrapartida, o bolsista deverá participar de atividades complementares de inclusão produtiva e responsabilidade social.

Fonte: Assessoria de Comunicação SCIT – RS

Próximos Eventos