+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governo de Santa Catarina impulsiona o desenvolvimento de Centros de Inovação

O governo de Santa Catarina está implantando uma rede de Centros de Inovação em 13 diferentes regiões do estado. O objetivo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), que coordena o projeto, é acelerar o desenvolvimento do estado por meio do empreendedorismo e da inovação.  Neste tempo de transição de modelos de desenvolvimento e grande velocidade de mudanças tecnológicas, a Rede de Centros de Inovação serve para dar suporte às regiões catarinenses nesta travessia da economia tradicional para a nova economia, mais moderna competitiva e baseada em conhecimento e inovação.

Os Centros funcionarão como ponto central do empreendedorismo e da inovação em suas regiões e a sua missão está dividida em três grandes desafios:

  • Ativar o ecossistema de inovação;
  • Criar cultura inovadora e empreendedora;
  • Gerar e escalar negócios inovadores.

O plano de ocupação dos Centros inclui elementos como incubadora, aceleradora, coworking, One Stop Shop, salas de treinamento, espaço maker, laboratórios de P&D de empresas, auditórios e outros espaços de eventos, café, restaurante, etc. Serviços como mentoria, ponte com investidores, conexão com outras empresas, conexões internacionais, Universidades, laboratórios e institutos de pesquisa e desenvolvimento do Brasil e de fora também fazem parte dos portfólios de serviços que o empreendedor deverá encontrar nos Centros.

Os Comitês de Implantação dos Centros de Inovação, formados por integrantes da tríplice hélice local (governo, universidades e setor empresarial) receberam um “Guia de Desenvolvimento de Ecossistemas e Centros de Inovação”, apresentado em três volumes oferecendo, além de base teórico-conceitual e diretrizes de funcionamento, um passo a passo para a sua implantação. O último volume traz, inclusive modelos de editais e diversos outros documentos práticos para auxiliar o trabalho dos Comitês.

Ainda, o governo pretende viabilizar um quarto volume do Guia, que será um “Estudo de Especialização Inteligente dos Centros de Inovação”. Este estudo vai propor um vocacionamento para os Centros e suas microrregiões e irá considerar  não apenas os setores mais relevantes na atualidade, mas também, os setores emergentes e as possibilidades de transição econômica a partir dos ativos, talentos, infraestrutura e conhecimento já instalados na região.

Implantação da Rede de Centros de Inovação

Os Centros de Inovação estão em diversas regiões de Santa Catarina. É a primeira rede do Brasil que está sendo estabelecida com apoio público do governo do estado em conjunto com as respectivas prefeituras. Os municípios de Lages, Jaraguá do Sul, Joinville e Florianópolis já estão em operação. O Centro de Inovação de Lages, localizado dentro do Órion – Parque Tecnológico, está em atividade desde 2017, com editais de incubação, projetos inovadores e pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em andamento. Já o Centro de Inovação de Jaraguá do Sul, denominado Novale, foi inaugurado em 2018 e já conta com empresas incubadas e eventos para auxiliar a criar cultura inovadora e empreendedora na região. Os Centros de Inovação de Joinville e Florianópolis foram estabelecidos em parceria com instituições locais já consolidadas. No caso de Joinville, com o Ágora Tech Park e em Florianópolis com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia – ACATE. Já os municípios de São Bento do Sul, Blumenau, Itajaí, Chapecó, Joaçaba, Brusque e Tubarão estão com obras em andamento. Criciúma está em elaboração de projeto e Rio do Sul aguarda viabilização de recursos para a construção.

Próximos Eventos