+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governo de Goiás adota fibras ópticas e moderniza a gestão pública

Quem frequentou a unidade do VaptVupt no Detran em Goiânia (GO) provavelmente percebeu o quanto o tempo de atendimento está mais rápido. A média é quatro minutos e meio para liberação de cada pessoa.

O nível de satisfação pôde ser percebido no índice de 99,60% de avaliações positivas dos usuários desta unidade. O VaptVupt do Detran, no mês de março, recebeu a premiação “Unidade Top” como reconhecimento pelos resultados.

Tamanha agilidade no atendimento, além do profissionalismo e treinamento contínuo da equipe, é reflexo da inserção do VaptVupt do Detran da capital na Rede Metropolitana de Goiânia (MetroGyn) – rede de fibra óptica que interliga os principais órgãos do Governo de Goiás.

As fibras ópticas aumentam, e muito, a estabilidade das conectividades pré-existentes; a qualidade do acesso à internet, além da eliminação dos custos com a telefonia interna.

São 70 quilômetros de extensão de cabo óptico. A MetroGyn alcança 31 unidades administrativas do Governo de Goiás, o que inclui centros exclusivos ao atendimento da população como o VaptVupt do Palácio Pedro Ludovico Teixeira e o prédio do Ipasgo.

A velocidade da internet destes órgãos estaduais que estava entre 1 e 10 megabytes (Mbps) aumentou para 10 gigabytes (Gbps) por segundo, o que permite um acesso de 100Mbps em um computador pessoal. Isto significa mais agilidade e eficiência nos processos e no atendimento ao cidadão.

Quem também sente diretamente os benefícios da Rede MetroGyn é o servidor público. Hoje ficou muito fácil requerer a aposentadoria ou pensão, além da redução do tempo de processamento da folha de pagamento. A Goiasprev foi interligada à Rede MetroGyn e, assim, todo os serviços de previdências foram aperfeiçoados com a alta conectividade.

Com esta expansão da Rede MetroGyn, novos projetos já são articulados baseados na alta conectividade que estará disponível: bibliotecas digitais inteiramente à disposição dos cidadãos, cursos na modalidade de educação à distância, sites interativos e com atendimento on-line, plataformas de conexão e colaboração entre os hospitais e unidades de saúde, entre outras iniciativas.

A MetroGyn está inserida no projeto Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), como iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

No âmbito do Governo Estadual, a integração via Metrogyn é um dos projetos do programa “Goiás Conectado”, que tem como objetivo inserir o Estado na rota da convergência digital.

Sob a administração do Governador Marconi Perillo, a MetroGyn saiu do papel e passa por uma gestão estratégica que visa sua expansão para mais 65 novas unidades administrativas, o que deve ocorrer antes do meio do ano corrente.

O fluxo de dados que circula nas esferas do governo é prioridade para a atual gestão. A MetroGyn veio para auxiliar na eficiência dos processos e tornar as informações mais acessíveis ao cidadão, o que reflete a preocupação do Estado com a transparência e modernização.

Estimular o estudo e a pesquisa também é papel da MetroGyn que cada vez ganha mais aliados neste compromisso. Mais universidade e outras instituições somam esforços no propósito de protagonizar Goiás na sociedade do conhecimento.

Reilly Rangel é empresário e superintendente executivo da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação de Goiás (Sectec).

Fonte: SECTEC-GO

Próximos Eventos