+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governo da Tailândia propõe cooperação à FAPESP

Representantes do governo e de agências para o desenvolvimento e cooperação da Tailândia propuseram à FAPESP o início de entendimentos para a criação de mecanismos de colaboração em ciência, tecnologia e inovação em áreas de interesse comum, especialmente na pesquisa sobre o etanol.

A delegação tailandesa, que visitou a FAPESP nesta segunda-feira (29/09), contou com Songsak Saicheua, diretor-geral de Assuntos Americanos e do Pacífico-Sul do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Tailândia, Sathana Kashemsanta Na Ayudhya e Vachiraporn Kiravanish, membros da Divisão para a América Latina do Ministério, Phairush Burapachaisri, vice-presidente da Câmara de Comércio, Thawee Piyapatana, vice-presidente da Federação das Indústrias, Attaya Memanvit, diretor da Agência para Desenvolvimento da Cooperação Internacional, Pitchayaphant Charnbhumidol, embaixador no Brasil, e Ploy Khumthukthit, primeiro secretário da Embaixada da Tailândia no Brasil.

A delegação foi recebida por Celso Lafer, presidente da FAPESP, Hernan Chaimovich, assessor especial da Diretoria Científica, Fernando Dias Menezes de Almeida, assessor especial da Presidência, Carlos Eduardo Lins da Silva, consultor em Comunicação, e o embaixador Fernando Mello Barreto, chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores em São Paulo.

Lafer destacou os esforços da FAPESP para estimular a cooperação internacional em todas as áreas do conhecimento e o desempenho da Fundação no fomento à ciência e tecnologia em São Paulo.

“Áreas de pesquisa estratégicas no Brasil e mundo estão entre as possibilidades de colaboração internacional com apoio da FAPESP, em programas como o BIOEN, de pesquisa em bioenergia, BIOTA, em biodiversidade, e sobre Mudanças Climáticas Globais”, disse. “Estamos alinhados com instituições brasileiras e internacionais para apoio a projetos conjuntos, também com a participação do setor produtivo.”

“Percebemos no Estado de São Paulo um enorme potencial de cooperação em pesquisa sobre o etanol, e também em outras áreas, com envolvimento do Conselho Nacional de Pesquisa da Tailândia”, disse Saicheua, chefe da delegação visitante. “Vamos trabalhar numa proposta formal para discussão de atividades de intercâmbio de pesquisadores e a cooperação em iniciativas de interesse mútuo.”

Ao final do encontro, Chaimovich sugeriu a participação de um observador tailandês na segunda edição da Brazilian BioEnergy Science and Technology Conference (BBEST), organizada pelo Programa BIOEN-FAPESP, em Campos do Jordão, São Paulo, de 20 a 24 de outubro, com apoio da FAPESP.

“A conferência vai mostrar uma visão completa dos avanços mais recentes em pesquisa sobre bioenergia feita no Brasil e no mundo, com a presença de cientistas, representantes da indústria, de governos e de outras organizações”, disse Chaimovich.

Fonte: FAPESP

Próximos Eventos