+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governo apoia feira de alunos microempreendedores de Cruzeiro do Sul(AC)

A Faculdade de Desenvolvimento Sustentável de Cruzeiro do Sul (Leval) promoveu no sábado à noite a III Feira de Empreendedorismo Inova Juruá, com o apoio da Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN) e do Sebrae.

Montada com barracas de artesanato, comidas, bebidas, flores e produtos do comércio e indústria locais, a feira teve o objetivo de valorizar os pequenos negócios e incentivar o empreendedorismo entre os alunos da instituição.

“Temos cursos de graduação na área de negócios; queremos não apenas ficar na teoria, mas levar o aluno para a prática, de modo a que eles possam atuar na sociedade criando negócios e movimentar a economia”, explanou o diretor da Leval, Jaime Veiga.

Com cerca de 200 alunos, a Leval tem dois cursos de graduação – Administração e Ciências Contábeis -, três cursos de pós-graduação e está elaborando um projeto para a implantação de cursos técnicos.

A acadêmica de Administração Luana Rubim criou para sua barraca e de colegas a marca “Dona Sopinha”. O objetivo ela conta: “Queremos fornecer a melhor sopa do Vale do Juruá”. Luana admite que esse tipo de experiência pode incentivá-la a, no futuro, tornar-se uma microempresária.

Já o estudante de Ciências Contábeis Paulo de Souza Batista e colegas montaram uma revenda de produtos da indústria cruzeirense como bebidas e salgadinhos de milho. “Tenho interesse em ser um microempresário. Faço Ciências Contábeis, mas temos muitas práticas de administração”, disse.

Convidada, a Pastoral da Criança abriu um espaço para as crianças com brincadeiras e crianças. Com apoio da SEPN montou sua barraca onde eram vendidos picolé, pipoca e cachorro quente.

Apoio ao pequeno

A gerente da SEPN em Cruzeiro do Sul, Marisa Diniz, conta que o governo do Estado vem desempenhando importante papel no apoio aos pequenos e microempreendedores e considera importante apoiar as pessoas que estão se formando para que elas tenham outra visão sobre negócios.

“Quando as pessoas se formam em um curso superior elas geralmente não dispõem de recursos para iniciar seu próprio negócio. Daí vem o incentivo do governo, por intermédio da SEPN, inclusive com algum tipo de equipamento para que elas iniciem suas pequenas empresas”, enfatizou.

Fonte: Notícias do Acre

Próximos Eventos