+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governador inclui mais 6 mil bolsistas no Amapá Jovem e anuncia reajuste no valor do benefício

O governador do Estado, Waldez Góes, anunciou nesta terça-feira, 23, a restruturação do programa Amapá Jovem com a inclusão de 6 mil novos bolsistas, reajuste da bolsa benefício passando de R$ 120,00 para R$ 150,00 e a criação de mais níveis de monitoria, com remuneração de até R$ 1,2 mil.

De acordo com o governador, a restruturação do programa faz parte do pacote de proteção à vida e da economia, que inclui pagamentos da contas de luz e de água para as famílias de baixa renda, refinanciamento de dívidas de empreendedores, antecipação do pagamento do 13º do Renda Para Viver Melhor, entre outros.

“São mais oportunidades para a juventude. A proposta é oportunizar aos jovens que saiam do programa com o projeto de vida encaminhado. Este anúncio está dentro de uma série de medidas que eu tomei como defesa da vida e da economia neste enfrentamento da pandemia”, destacou.

O comunicado foi feito durante uma live, transmitida pelas redes socais, que contou com a participação do titular da Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv), Pedro Filé. Na ocasião, o governador assinou o projeto de lei sobre a restruturação que será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Amapá (Alap).

Segundo o secretário Pedro Filé, a ampliação do programa vai garantir aos beneficiários mais qualificação e experiência profissional e de vida, além de oportunidades de ingresso no mercado de trabalho, através do projeto Jovem Descolado, realizado em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Empresas (Sebrae).

“Nós consideramos essa restruturação uma grande conquista para o programa e para a juventude, principalmente com a criação de novos níveis de monitoria, porque isso gera perspectiva de crescimento ao bolsista, além da oportunidade de se qualificar”, disse.

Ampliação do programa

Os 6 mil novos bolsistas foram selecionados e aprovados na 6ª chamada do programa. As documentações da análise social já foram concluídas e serão encaminhados para as atividades de polo e recebimento da bolsa benefício.

Com essa nova inclusão, a partir de abril, o Amapá Jovem passará de 7 mil para 13 mil jovens atendidos em todo o estado.

Atualmente o programa dispõe de 580 monitores em todo o Estado, divididos em dois níveis: Monitor nível 1 que recebe uma bolsa no valor de R$ 400 e monitor nível 2 que recebe uma bolsa no valor de R$ 1.045.

Com a alteração, serão mil vagas de monitoria do programa para todo o estado, atendendo comunidades rurais e ribeirinhas, além de aldeias indígenas, que serão destinada aos próprios bolsistas do programa, gerando oportunidade, trabalho e perspectiva de crescimento dentro do próprio programa.

Dessa forma, para concorrer a uma monitoria, o jovem deverá obrigatoriamente ser bolsista do programa, onde passará por qualificação, e posteriormente poderá ter uma oportunidade profissional.

Após a restruturação, o Amapá Jovem ficará da seguinte forma:

  • Beneficiário bolsista: R$ 150
  • Beneficiário monitor nível 1:R$ 400
  • Beneficiário monitor nível 2: R$ 700
  • Beneficiário monitor nível 3: R$ 1.045
  • Beneficiário monitor de articulação interdisciplinar: R$ 1.200

Com todos esses investimentos, o Amapá Jovem alcançará, ainda neste ano, à 20 mil jovens beneficiados com o programa, entre bolsistas e monitores.

Fonte: Notícias do Amapá em 19/03/2021

Próximos Eventos