+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governador de Alagoas visita Polo de Tecnologia, nesta terça-feira

Empresários e pesquisadores do setor de Tecnologia da Informação poderão contar já a partir de 2016 com mais uma ferramenta de incentivo da área em Alagoas. O Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Tics), que está sendo construído pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em Jaraguá, está com 60% da obra concluída, dentro do cronograma, e tem previsão de entrega em julho de 2016.
Entendendo a importância estratégica do setor de Tecnologia da Informação (TI) para o desenvolvimento econômico, o governador Renan Filho visita a obra no bairro de Jaraguá nesta terça-feira, 24, às 10h, acompanhado do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Pablo Viana, quando dialogará com empresários e pesquisadores.
Voltado ao desenvolvimento de novos produtos em segmentos variados, o Polo de Tics deve ser visto, principalmente, como um ambiente composto por representantes dos setores público e privado, organizações e instituições que juntos contribuem para que Alagoas tenha as condições necessárias para que empresas de pequeno, médio e grande portes sejam criadas e instaladas no Estado.
A unidade visa, sobretudo, a dinamização das atividades econômicas servindo como intermediária, buscando contribuir com a melhoria da competitividade das empresas, tornando-as cada vez mais inovadoras, através da integração com as universidades, sociedade e governo. De forma direta, o polo vai interferir na realidade social e econômica de Alagoas fomentando, sobretudo, o potencial de crescimento a médio e longo prazos.
Ou seja, o polo vai fortalecer as empresas locais e atrair novos empreendimentos de base tecnológica voltados para o desenvolvimento de soluções em tecnologia da informação, comunicação e serviços dos setores público e privado. Ele é terceiro polo a compor o Parque Tecnológico de Alagoas, e de todos eles, é o que tem uma ação mais ampla, atuando como prestador de serviços para os demais polos do parque.

 Estrutura

Com sede num prédio tombado pelo patrimônio histórico, com visão panorâmica para o mar da Praia da Avenida e piscinas naturais da Praia de Pajuçara, estão sendo investidos mais de R$ 13 milhões através do Governo do Estado, em uma estrutura dividida em três pavimentos, com área total de 6.136,16 m².
Quando pronto, o polo contará com ambiente de interação, área destinada ao uso público, com recepção, acesso de clientes, áreas de convívio, lazer, descanso e atividade culturais, como o salão multiuso para 700 pessoas; setor educacional, destinado a área acadêmica onde serão realizados cursos e treinamentos, além da biblioteca.
Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços vai dispor ainda de um núcleo de ideias, um ambiente confortável, com internet e biblioteca para empreendedores inovadores e empresários interagirem. Terá ainda um anfiteatro com capacidade para 300 pessoas, onde se pretende promover seminários, congressos e workshops; além da capacidade de acomodar até 40 empresas de pequeno, médio e grande porte, com estacionamento seguro e cômodo para os visitantes.

Acompanhamento da Obra

Iniciada em agosto de 2014 e retomada em agosto de 2015, a obra vem sendo acompanhada de perto pela equipe de Gerência de Ambientes de Inovação da Secti, junto a Associação Brasileira das Empresas de Software e Serviços de Alagoas (Assespro), entregando todas as etapas dentro do cronograma.
A obra também servirá como um instrumento de resgate do bairro histórico de  Jaraguá, proporcionando visibilidade e atraindo a circulação de pessoas para o bairro que possui grande parte do patrimônio arquitetônico de Maceió, e áreas propícias ao desenvolvimento da cultura e turismo.
Em outubro, a superestrutura do Polo (parte de uma construção que está acima do nível do solo) foi entregue e até o final de novembro será finalizada a etapa de vedação (alvenaria). Para dezembro, está prevista a conclusão da coberta do prédio.

Fonte: SECTI-AL

Próximos Eventos