+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governador autoriza estudo para concurso na Secitec e autonomia a Fapemat

O governador Silval Barbosa vai instituir uma comissão formada por representantes da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec), Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e Casa Civil para estudar a viabilidade para novo concurso público na Secitec e para que a Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat) tenha autonomia para a gestão financeira da pasta e assim, avançar nos projetos de concessão de bolsas de incentivo à formação de doutores, eventos científicos e para inovação tecnológica.

“Chegou a vez da Fapemat e da Secitec. Vamos fazer um estudo adequado do quadro de efetivos e ampliar ainda mais a oferta de vagas na Secitec”, comentou Silval Barbosa.

Ele ainda lembrou que os investimentos da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) saltaram de R$ 20 milhões para R$ 220 milhões com a autonomia financeira do órgão.

O secretário de Ciência e Tecnologia, Rafael Bastos, comentou que a autorização do governador para o estudo para dar autonomia financeira da Fapemat e o concurso da Secitec são um marco.

“É um sonho que a nossa fundação e nossos servidores vinham buscando. É um salto de qualidade que Mato Grosso precisava dar e o governador teve a sensibilidade de ver a necessidade da nossa fundação”.

O servidor de carreira da Secitec, Valdivino de Souza (Walbar), disse que o concurso público é necessidade urgente da secretaria. O único concurso da pasta ocorreu em 2004 e nos últimos 10 anos houve evasão de servidores, baixando de 120 para 70 funcionários concursados da pasta.

“É um déficit histórico que necessita ser corrigido. A falta de servidores de carreira dificulta a continuidade dos projetos do governo federal e estadual com a rotatividade de pessoal. Contudo, o governo por meio do nosso secretário Rafael Bastos valorizou o servidor da Secitec ao conceder o novo piso salarial aos servidores da educação profissional e tecnológica”.

Fonte: SECITEC-MT

Próximos Eventos