+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Governador anuncia 1.500 vagas no ensino a distância no ES

Com o objetivo de interiorizar e democratizar o ensino técnico no Espírito Santo, o governador Renato Casagrande anunciou nesta quinta-feira (14), a criação de 1.500 vagas na modalidade de Ensino a Distância. O investimento será de aproximadamente R$ 6 milhões, e os cursos serão desenvolvidos em 11 polos de educação nos municípios de Aracruz, Ecoporanga, Guaçuí, Guarapari, João Neiva, São Mateus, Muniz Freire, Vargem Alta, Viana, Vila Velha e Mimoso do Sul. Também serão abertas 33 vagas para tutores em três cursos técnicos.

O edital do Ensino a Distância (EaD) foi lançado durante a aula inaugural do Programa NossaBolsa. O projeto será desenvolvido pela Secretaria de Ciência e Tecnologia em parceria com o Instituto Federal do Paraná (IFPR). Os cursos fazem parte do sistema Escola Técnica Aberta do Brasil (e-Tec), do Governo Federal, que visa ofertar educação profissional e tecnológica a distância com o propósito de ampliar e democratizar o acesso a cursos técnicos de nível médio, públicos e gratuitos.

O governador anunciou também o lançamento do Pré-Enem que será oferecido em todos os municípios capixabas, para preparar os alunos concluintes do ensino médio para o exame. Todos os municípios serão contemplados, com a perspectiva de beneficiar os alunos das 286 escolas de ensino médio da rede estadual.

Também destacou o aumento no número de vagas para a educação, a construção e reforma e ampliação das escolas técnicas estaduais nos municípios de Afonso Cláudio, Baixo Guandu, Iúna, Viana, Itapemirim, Mimoso do Sul, Pedro Canário, Ponto Belo, João Neiva e Vila Velha. Serão mais de R$ 50 milhões em investimentos entre 2012 e 2014, beneficiando aproximadamente sete mil alunos.

Para Renato Casagrande o ensino é fundamental para o crescimento das pessoas e do Estado. “Quando a gente inicia um curso fica feliz e a família fica ainda mais com o resultado do desempenho e dos esforços dos filhos e filhas. Da mesma forma o Governo do Estado comemora. Nos locais onde a educação possui destaque existe menos violência, mais atração de investimento, a competitividade aumenta e há mais crescimento”.
Em 2012 foi lançado o Programa de Desenvolvimento Sustentável do Espírito Santo (PROEDES), que visa mostrar alternativas de desenvolvimento tecnológico no Espírito Santo. Ele atua em dois pilares: a melhoria da infraestrutura e o investimento em ciência, tecnologia, inovação e educação.
“Nós queremos que cada vez mais pessoas tenham oportunidade para crescer. Investir nessas áreas traz a segurança de que os esforços do Governo vão gerar resultados positivos para o Espírito Santo e tornar a Estado mais competitivo” frisa Casagrande.

Para Jadir Péla, secretário estadual de Ciência e Tecnologia, o EaD irá ampliar o acesso ao ensino técnico no Espírito Santo. “Atuar em parceria com uma instituição de referência na modalidade de Ensino a Distância como o IFPR nos permite atender com qualidade mais estes 1.500 alunos que vão integrar a rede de ensino técnico neste primeiro semestre de 2013. Certamente a oportunidade terá um efeito multiplicador com qualificação profissional e posterior inserção no mercado de trabalho e geração de renda”.

Mais ações para a educação
O Programa NossaBolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes) teve hoje a sua aula inaugural. Com a presença de cerca de dois mil alunos, o programa já beneficiou 12 mil estudantes. Atualmente são 5.600 alunos estudando em faculdades com financiamento do Governo do Estado.

Fonte: SECTTI-ES

Próximos Eventos