+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Giro nos Estados

Goiás lança editais no valor de R$ 6 milhões para pesquisadores

O Governo de Goiás, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPEG), começa o ano com o lançamento de dois editais no valor de R$ 6 milhões para concessão de bolsas de fomento ao desenvolvimento de capital intelectual para fortalecer as políticas públicas e estimular a inovação tecnológica no Estado. As chamadas públicas, as primeiras do ano, foram publicadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa (http://www.fapeg.go.gov.br/) no dia 20 de janeiro. O edital nº. 1/2010, no valor de R$ 3 milhões, convida profissionais graduados com vínculo empregatício em indústrias, empresas públicas/capital misto ou empresas de tecnologia da informação e comunicação (TIC), sediadas em Goiás, e matriculados em programas de mestrado (acadêmico ou profissional) ou doutorado a apresentarem propostas para a obtenção de bolsas de formação. O valor da mensalidade da bolsa de doutorado é de R$ 1.800,00, concedidas pelo prazo máximo de 12 meses, renováveis por períodos iguais, dentro do prazo máximo de 48 meses de curso. Já a bolsa de mestrado é de R$ 1.200,00, também de 12 meses, renováveis por períodos iguais, dentro de prazo máximo de curso de 24 meses. O candidato às bolsas deve comprometer-se a uma dedicação mínima de 20 horas semanais às atividades de pesquisa no curso.

O edital nº. 2/2010, de R$ 3 milhões, visa selecionar candidatos para concessão de bolsas de formação nas modalidades mestrado e doutorado, nas mesmas condições e valores, que tenham vínculo empregatício em órgãos públicos municipais, estaduais, federais e em instituições de Ensino Superior, públicas ou sem fins lucrativos, sediados em Goiás. Para pleitear as bolsas, o candidato precisa estar matriculado em cursos de pós-graduação strictu sensu (PPGSS) oferecidos por instituições de Ensino Superior sediadas em Goiás e recomendadas pela Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (CAPES/MEC). A dedicação exigida em pesquisa no curso também é de 20 horas semanais.

O encaminhamento eletrônico das propostas para a FAPEG (www.fapeg.go.gov.br/gestor) poderá ser feito a partir de 20 de fevereiro. O prazo termina às 17 horas do dia 12 de março (internet) e 13 de março pelos Correios (data limite da postagem). O resultado será divulgado a partir de 20 de abril.

Segundo o presidente da FAPEG, Leonardo Guedes, esse conjunto de editais visam a formação de capital intelectual nas empresas e no setor público, com foco em pesquisa de inovação tecnológica de produtos e processos. Ressalta o presidente da FAPEG que a inovação tecnológica é pauta para a competitividade e que o Governo de Goiás quer com esses investimentos criar uma cultura de pesquisa dentro das empresas e do setor público, criando condições para a manutenção da empregabilidade e aumento de receita das indústrias.

No final do ano passado, o Governo do Estado lançou a Lei Goiana de Bolsas e Fomento, destinando R$ 6,2 milhões para o programa de bolsas de mestrado e doutorado. Das 190 propostas apresentadas, foram selecionados 161 e efetivadas 141 bolsas. Esta semana, a FAPEG publicou etapa II da Chamada Pública 09/2009 convocando quatro candidatos cadastro de reserva das bolsas de doutorado: Clodoaldo Valverde, Helena Beatriz de Moura Belle, Ieda Rubens Costa e Deuzair José da Silva. Essas bolsas já começaram a ser pagas. Em menos de quatro meses, o Governo de Goiás oferece aporte de R$ 12 milhões para fomentar a pesquisa em Goiás com a concessão de bolsas de mestrado e doutorado, contemplando vários setores.

Fonte: Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás

Compartilhe:

    Próximos Eventos