Giro nos Estados

Fundect apoia realização da 71ª Reunião da SBPC

Nesta terça-feira, 16, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul firmou parceria com a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect), órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. As instituições assinaram um termo de outorga para concessão de recursos que serão investidos na realização da 71ª edição da Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

“Para a Fundect é fundamental participar desse evento e fortalecer nossa relação com a UFMS. Estaremos lá com nossa equipe, em cada um dos dias, apresentando como os investimentos realizados em ciência contribuem para o desenvolvimento do estado”, destacou o diretor presidente da Fundação, Márcio de Araújo Pereira. “Entre os dias 21 e 27 de julho, Mato Grosso do Sul vai ser a grande vitrine da ciência e tecnologia do país, por isso é fundamental termos além de uma equipe de lideranças, parceiros estratégicos. Gostaria de agradecer o governador Reinaldo Azambuja, o secretário Jaime Verruck e toda a diretoria da Fundect”, ressaltou o reitor, Marcelo Turine.

Para a vice-reitora, Camila Ítavo, os recursos serão importantes para viabilizar ações, em especial, para o fomento do escritório de projetos da SBPC. “Nosso escritório já está estabelecido e em funcionamento no corredor central da Cidade Universitária. Os recursos devem ser utilizados em áreas estratégicas da promoção da reunião”, comentou Camila. De acordo com a diretora científica da Fundect, Edna Scremin Dias, esse aporte de recursos demonstra a preocupação do governo e da fundação em apoiar atividades de ciência e tecnologia. “Não poderíamos ficar de fora desse evento que já acontece há 70 anos e conta com milhares de participantes”, disse Edna.

Esse foi o primeiro termo de outorga assinado pela Fundect depois da publicação, em dezembro, do Decreto Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMS, Nalvo de Almeida, também participou da reunião.

“Mato Grosso do Sul foi o quarto estado a regulamentar o Marco Legal da Ciência e Tecnologia. Fiquei feliz em ver que a UFMS foi a primeira instituição a assinar esse termo”, complementa a diretora científica da Fundect. “Hoje, inauguramos um novo momento, com foco não apenas na promoção, mas principalmente na desburocratização de ações de fomento à pesquisa”, concluiu o reitor.

Fonte: Fundect

Próximos Eventos