+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Fiocruz e ESP-MG lançam obra digital para difusão da ciência

O Laboratório de Educação, Saúde e Ambiente (CPqRR/Fiocruz Minas) e a Escola de Saúde Pública de Minas Gerais (ESP-MG) realizarão, nesta terça-feira (19), o lançamento do E-book “Em clima de Saúde: Prevenindo com Ciência / VIII Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT)”. O suporte multimídia, desenvolvido em cooperação entre as instituições reúne algumas das experiências vivenciadas pela equipe durante sua participação na edição do ano 2011 da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – o maior evento do país dedicado à popularização científica. O leitor encontrará ainda uma compilação dos diversos projetos desenvolvidos pelas instituições em favor da divulgação da Ciência, Tecnologia e Inovação do estado de Minas Gerais e um breve resumo da história da SNCT. O desenvolvimento da obra recebeu aporte financeiro da FAPEMIG.

“O trabalho desenvolvido durante a feira teve como público-alvo educadores e estudantes da rede pública de ensino fundamental. O propósito do lançamento do e-book é dar maior abrangência ao projeto”, explica Virgínia  Schall, chefe do laboratório de Educação em Saúde e Ambiente (LAESA) do Centro de Pesquisas RenéRachou/FIOCRUZ Minas, uma das coautoras da obra. A pesquisadora explica as vantagens da utilização do formato de mídia escolhido: “o modelo eletrônico destaca-se por sua portabilidade, baixo custo e interatividade com outros meios de comunicação. A obra apresenta diversos vídeos sobre o tema proposto, o que agrega ainda mais valor ao seu conteúdo. Essa convergência não seria possível em produção impressa”, destaca.

O lançamento do e-book acontecerá às 9h, no auditório da Escola de Saúde Pública de Minas Gerais. A solenidade contará com a presença de professores e alunos de escolas convidadas.

Fundações de Pesquisa e Divulgação Científica

Virgínia Schall, que em 1990 foi contemplada com o prêmio José Reis de Divulgação Científica, valoriza o diálogo entre pesquisador e comunidade e acredita que a pratica é importante para o progresso da ciência. Segundo ela, a intervenção das instituições de fomento nesse processo é de extrema relevância. “Desde que as instituições de amparo à pesquisa passaram a valorizar a divulgação científica, o cenário tem evoluído a passos largos. Hoje, temos condições de engajar projetos de interação com o público mais abrangentes e com maior qualidade, diz.

Fonte: Ascom Fiocruz

Próximos Eventos