+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

FAPERN está com edital aberto voltado para pesquisadoras

Durante a semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN) convida pesquisadoras ou especialistas que possuam trabalhos pautados sobre o Rio Grande do Norte a participarem do Prêmio FAPERN Mulher Pesquisadora 2013. Realizado a cada dois anos, o prêmio chega a sua terceira edição.

Os homens, em sua maioria, predominam as áreas científicas e/ou tecnológicas em todo o mundo. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) afirma que a presença de mulheres atuando nas engenharias e na maioria dos seguimentos científicos são escassos. Sabendo disso, o Prêmio FAPERN Mulher Pesquisadora tem como intuito reconhecer as mulheres que produzem contribuições relevantes para o desenvolvimento científico, tecnológico e cultural do Rio Grande do Norte.

O Prêmio é divido nas seguintes categorias: Jovem Pesquisadora (para mulheres com até dez anos de atuação em determinada área de conhecimento) e Pesquisadora Sênior (destinado a mulheres com no mínimo dez anos de atuação em determinada área de conhecimento).

O processo seletivo será dividido em duas fases. A primeira se consiste em uma pré-seleção, onde o corpo técnico da FAPERN irá observar se as candidatas preencheram todos os requisitos presentes no regulamento e a segunda fase será a Seleção Final, onde serão escolhidas as candidatas a serem premiadas.

A premiação será composta de um diploma para as referidas categorias e pelo troféu Vênus de Willendorf.  Criado pelo artista plástico Guaraci Gabriel, o troféu Vênus Willendorf utiliza a mais antiga imagem da figura humana e simboliza a contribuição da mulher à ciência.
As candidatas podem enviar a documentação via Correios ou entregar pessoal na sede da FAPERN, no Centro Administrativo, em Lagoa Nova, até o dia 18 de março de 2013. O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis no endereço eletrônico da FAPERN (www.fapern.rn.gov.br).

Na primeira edição do Prêmio foi contemplada na categoria Jovem Pesquisadora a engenheira têxtil Dorivalda Neira que apresentou o projeto Reaproveitamento de embalagens de EPS como isolante térmico de cobertura e na categoria Pesquisadora Sênior, Lucymara Fassarella, que atua na área de biotecnologia, com ênfase em genética.

Já na segunda edição, a professora Técia Maria de Oliveira Maranhão conquistou a categoria sênior por realizar trabalhos e pesquisas voltados para a saúde da mulher. A pesquisadora Tirzah Braz conquistou a 2ª edição do prêmio Jovem Pesquisadora após apresentar um projeto sobre biologia molecular do câncer de mama no Rio Grande do Norte junto com a Liga Norte-Riograndense contra o Câncer e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Outras informações sobre o processo de inscrição ou edital podem ser obtidas pelo email eventosfapern@gmail.com.

Para acessar o edital e a ficha de inscrição, clique aqui.

Fonte: FAPERN

Próximos Eventos