+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Giro nos Estados

Faperj lança três editais, no valor de R$ 21,5 milhões

Programas de apoio a instituições de ensino e pesquisa do estado têm novas chamadas

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) anunciou, nesta quinta-feira, dia 6, o lançamento de três editais – que chegam as suas quartas reedições –, no valor de R$ 21,5 milhões.

São os já conhecidos e aguardados programas de Apoio à Infraestrutura de Biotérios em Instituições de Ensino e Pesquisa Sediadas no Estado do Rio de Janeiro – 2010; Apoio às Universidades Estaduais do Rio de Janeiro – 2010; e Apoio às Instituições de Ensino e Pesquisa Sediadas no Estado do Rio de Janeiro – 2010, que se destinam ao fortalecimento das instituições de pesquisa e universidades estaduais.

No programa de Apoio à Infraestrutura de Biotérios, haverá R$ 1,5 milhão para subsidiar a implantação, implementação, modernização, adequação e funcionamento de biotérios que tenham como finalidade a produção ou manutenção de animais utilizados em pesquisas científicas e tecnológicas de instituições sediadas no estado.

Lançado pela primeira vez em 2007, o programa de Apoio à Infraestrutura de Biotérios passou a incluir já em sua segunda edição, em 2008, o importante apoio à estruturação e ao estabelecimento de Comitês de Ética em Pesquisa com Animais nas instituições de ensino e pesquisa do estado, em conformidade com a Lei 11.794, de 08 de novembro de 2008, conhecida como Lei Arouca.

“A lei Arouca, de 2008, colocou um novo paradigma para a prática do uso de animais em pesquisa. Em biotérios, os animais precisam estar em boas condições, segundo normas internacionais e de acordo com os critérios estabelecidos pelo Conselho Nacional de Controle e Experimentação Animal (Concea), do qual faço parte. Logo, o edital têm sido importante para dar suporte ao início e à continuidade dessas boas práticas”, diz o professor Marcelo Marcos Morales, presidente da Comissão de Ética com Animais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Os projetos devem ser submetidos até 24 de junho. O edital do Programa de Apoio à Infraestrutura de Biotérios está disponível em http://www.faperj.br/redir.php?obj_id=6305

Já no Programa de Apoio às Universidades Estaduais do Rio de Janeiro – 2010, o objetivo é financiar a aquisição e manutenção de equipamentos, a execução de obras de infraestrutura e despesas de custeio, em diferentes áreas, apresentados por pesquisadores ligados às universidades do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e Estadual da Zona Oeste (Uezo).

O programa, de caráter multidisciplinar, conta com recursos de R$ 8 milhões, previstos para ser pagos em duas ou mais parcelas. As propostas terão prazo para submissão até o dia 1º de julho. O edital está disponível em http://www.faperj.br/redir.php?obj_id=6306

Com o maior montante de recursos, de R$ 12 milhões, o Programa de Apoio às Instituições de Ensino e Pesquisa Sediadas no Estado do Rio de Janeiro – 2010 traz proposta idêntica à do anterior, mas mira as demais instituições de pesquisa fluminenses, públicas ou privadas. Aqui, o prazo para submissão de propostas on-line vai até 8 de julho. Pesquisadores vinculados às universidades estaduais do Rio de Janeiro não poderão participar desse edital, que está disponível em http://www.faperj.br/redir.php?obj_id=6307

Os três programas, lançados pela Faperj pela primeira vez em 2007, chegam às suas quartas edições e já somam, somente nos últimos três anos, mais de R$ 60 milhões para o financiamento à pesquisa fluminense. Para o diretor científico da Fundação, Jerson Lima Silva, é importante destacar que o fato desses editais estarem em sua quarta edição resgata o compromisso de uma agência de fomento não só com as universidades estaduais, mas com o restante das instituições de pesquisa.

Fonte: Boletim on-line da Faperj e Jornal da Ciência

Compartilhe:

    Próximos Eventos