Giro nos Estados

Faperj contempla 12 projetos no Programa Equipamento Solidário

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa no Estado do Rio de Janeiro (Faperj) divulgou, na última quinta-feira (6/12), a listagem dos contemplados no edital Equipamento Solidário – 2012. Com 12 projetos aprovados nesta quarta edição, o programa – que é fruto do acordo de cooperação técnica e acadêmica entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Faperj – possibilitará que pesquisadores beneficiados no edital de Apoio ao Pós-Doutorado 2012 – igualmente realizado em parceria pelas duas instituições – possam adquirir equipamentos de pequeno e médio porte para desenvolver seus projetos.

Destinado a estimular a formação pós-graduada, o edital está disponibilizando recursos de R$ 3,9 milhões para financiar propostas temáticas, submetidas por coordenadores de programas de pós-graduação stricto sensu sediados no estado, que, na avaliação da Capes, tenham conceitos 5, 6 ou 7, em associação a outros programas de pós-graduação stricto sensu fluminenses com conceitos 3 ou 4. Além de diretamente relacionados a projetos já contemplados, os equipamentos solicitados devem visar o fortalecimento e ser alocados, principalmente, nos programas níveis 3 e 4 associados. A prioridade dos investimentos será para os equipamentos científicos e tecnológicos a serem compartilhados ou de uso comum no desenvolvimento de projetos de uma mesma instituição ou de instituições vizinhas.

De acordo com o montante solicitado, as propostas foram enquadradas em um de duas faixas: A – entre R$ 200.001 e R$ 350 mil; e B – valor inferior ou igual a R$ 200 mil. Os recursos disponibilizados só poderão custear elementos de despesa, como a aquisição de equipamentos de pequeno e médio porte, para uso exclusivamente em pesquisa científica e tecnológica. A título de contrapartida, eventuais despesas adicionais, como taxas de importação e instalação dos equipamentos, ficarão sob a responsabilidade de cada uma das instituições solicitantes, garantida por sua administração superior quando da submissão do projeto. Os equipamentos a serem adquiridos serão geridos por um comitê gestor, formado por um mínimo de três pesquisadores, de ambos os programas associados. O prazo para a execução das propostas contratadas será de até doze meses, contados a partir da data de liberação dos recursos.

Os contemplados agora deverão aguardar comunicação da Fundação para receber seus termos de outorga.

Veja, no site da Faperj, a lista dos beneficiados: http://www.faperj.br/interna.phtml?obj_id=8695

Fonte: Faperj

Próximos Eventos