+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

FAPEPI participa do I Simpósio de Articulação em Ciência e Tecnologia para o Nordeste

Aconteceu nesta última segunda-feira (21), o I Simpósio De Articulação Em Ciência E Tecnologia Para O Nordeste – SIACTEC-NE. O evento foi organizado pelo Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste – CETENE, em conjunto com o Instituto Nacional do Semiárido – INSA. 

O intuito dessa iniciativa é promover a articulação entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI e os governos estaduais do Nordeste em prol do desenvolvimento científico e tecnológico no âmbito regional. Da mesma forma, tal ação contribui estrategicamente para o cumprimento da missão das referidas Unidades de Pesquisa, uma vez que permite expandir suas ações pelos estados que compõem a Região.

Em busca de uma maior aproximação do MCTI junto ao Nordeste, o encontro discutiu também o lançamento da Rede Nordeste de Inovação Tecnológica – ReNIT, composta por representantes de órgãos, instituições e entidades públicas que atuam na promoção, gestão e fomento de atividades de pesquisa, de desenvolvimento de novas tecnologias e inovação, consideradas relevantes para o progresso científico e tecnológico da Região.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) representada por Antonio Cardoso do Amaral (Presidente da FAPEPI) também estava presente no evento. Amaral falou sobre o desempenho da instituição no fomento ao desenvolvimento científico e tecnológico, através de Amparo à Pesquisa no Piauí, como, por exemplo, o amparo dado à pesquisadores do Piauí no combate à covid-19. 

“Queria destacar alguns dos projetos aprovados em nosso edital 01, que foi referente ao combate à covid-19 (em março de 2020). Esse edital foi muito importante, pois também funcionou como um edital indutor e nos proporcionou a descoberta de outros potenciais de nosso estado. Mesmo sendo um edital bastante tímido, de 200 mil reais, tivemos propostas inovadoras, como o desenvolvimento de adaptadores para ventiladores mecânicos para assistência simultânea a múltiplos infectados pela covid-19. Também aprovamos uma proposta que tinha como objetivo simplificar o manual multiprofissional de segurança do trabalho em tempos de Pandemia, por exemplo”, diz Amaral.

Além disso, Amaral também listou novas estratégias que o governo do estado tem fomentado à Pesquisa Científica através da FAPEPI.

O encontro contou com mesa redonda, e ocorreu através do canal Youtube do MCTI. Também participaram do evento em conjunto com Secretarias do MCTI, Secretarias de C & T de outros estados nordestinos: a Secretaria De Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco (SECTI PE) representada pelo Secretário Lucas Ramos; a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Paraíba (SECTI PB) representada pelo Secretário Rubens Freire; a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de Sergipe (SEDETEC SE) representada por Maurício Nascimento (Diretor do Planejamento da SEDETEC); a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Maranhão (SECTI MA) representada pelo Secretário Davi Telles; a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI BA) representada pela Secretária Adélia Maria Pinheiro; a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará (SECITECE CE)  representada pelo Secretário Inácio Arruda; a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação de Alagoas (SECTI AL) representada pelo Secretário Silvio Bulhões; e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio Grande do Norte (SECTI RN) representada pelo Secretário Jaime Calado.

Fonte: Fapepi em 16/07/2021

Próximos Eventos