+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Fapeg libera R$ 1,06 milhão para pesquisas voltadas para o SUS

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) liberou, nesta terça-feira (22), em evento realizado no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a segunda parcela do pagamento referente ao fomento do Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (PPSUS/GO). A chamada nº 12/2013 foi realizada por meio de parceria entre o governo de Goiás, por intermédio da Fapeg, Ministério da Saúde e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com o objetivo de apoiar projetos de pesquisa que promovam a formação de recursos humanos qualificados e a melhoria da qualidade de atenção à saúde no contexto do Sistema Único de Saúde.

O evento contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o governador de Goiás, Marconi Perillo, a presidente da Fapeg, Maria Zaira Turchi, o reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Haroldo Reimer, a pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (Puc-Goiás), Milca Severino, o vice-reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Manoel Rodrigues, Chaves, e o superintendente de Ciência e Tecnologia do Estado, Mauro Faiad. Também estiveram presentes no evento toda a diretoria da Fapeg e os pesquisadores contemplados.

O valor global da chamada é de R$ 2,320 milhões, sendo R$ 1,320 milhão proveniente do Ministério da Saúde, repassado ao CNPq, e R$ 1 milhão da Fapeg, proveniente do Tesouro do Estado de Goiás. A parcela liberada nesta terça corresponde ao montante de R$ 1,06 milhão. Nesta parcela, cada projeto recebeu entre R$ 20 mil e R$ 50 mil. No total, as pesquisas recebem fomento de até R$ 100 mil, destinados ao cumprimento de atividades diretamente vinculadas ao projeto. Participam deste edital pesquisadores vinculados à UFG, UEG e PUC-Goiás. A primeira parcela foi liberada a um ano.

A chamada contempla quatro grandes temas, considerados áreas prioritárias para o fortalecimento do SUS em Goiás: Atenção à Saúde; Vigilância em Saúde; Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde; e Tecnologias em Saúde. No total, 29 projetos foram selecionados nesta chamada. A lista das pesquisas contempladas pode ser acessada no link.

Evento

Durante o evento, o governador de Goiás afirmou que vê com entusiasmo a consolidação paulatina da pesquisa e da inovação em Goiás. “A Fapeg não está sendo útil só para nossas instituições acadêmicas com este trabalho realizado. Mas para o Brasil e para o mundo. Em tempos de crise é sempre muito difícil priorizar recursos para quaisquer áreas. Mesmo assim, temos priorizado a pesquisa e a inovação, porque acreditamos que este é o caminho. Isso não será diferente para os próximos anos”, afirmou. Marconi ressaltou que pretende se reunir novamente com os 32 pesquisadores contemplados pelos recursos para avaliar as metas atingidas pelos projetos, bem como seus impactos sobre a sociedade.

A presidente da Fapeg, Maria Zaíra Turchi, por sua vez, elogiou os contemplados pelo programa e agradeceu o governador pelo apoio e pela disponibilidade em participar do evento. “Vamos encerrar o ano com recursos para dar andamento a pesquisas importantes. Teremos resultados exitosos nesta área. O PPSUS é, sem dúvida, um programa que vem para agregar”, ressaltou.

PPSUS – O PPSUS foi criado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde (Decit/MS) com o objetivo de financiar pesquisas em temas prioritários para a saúde da população brasileira, bem como contribuir com o aprimoramento do Sistema Único de Saúde. O programa busca ainda promover o desenvolvimento científico e tecnológico em saúde em todos os estados da federação, segundo um modelo de gestão descentralizada e participativa, aproximando os campos da pesquisa e da atenção à saúde.

Fonte: FAPEG-GO

Próximos Eventos