Giro nos Estados

FAPEG disponibiliza resultado preliminar do edital Universal

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG) disponibilizou no fim da tarde de ontem (18) o resultado preliminar da chamada pública 07/ 2014, o FAPEG Universal. Por se tratar de um edital que fomenta projetos de pesquisa em todas as áreas do conhecimento, a chamada pública foi uma das mais esperadas pela comunidade científica goiana. Ao todo, foram contemplados 129 doutores. O prazo de apresentação de recursos, conforme consta do edital, é de cinco dias úteis a partir de hoje (19).

Este foi um dos maiores editais já lançados pela Fundação, com quase 650 propostas recebidas. A grande área com o maior número de propostas foi a de Ciências Agrárias, com 157, seguida pelas Ciências Exatas e da Terra, com 119, e as Ciências Biológicas, com 117. Os recursos investidos neste edital são da ordem de R$ 6,29 milhões, provenientes do Tesouro Estadual. A quantidade de propostas selecionadas está diretamente ligada ao limite financeiro do edital, que foi ampliado em mais de R$ 290 mil devido à grande demanda.

O prazo de execução de cada projeto é de até 24 meses, prorrogáveis por outros 12, contados a partir da data da disponibilização dos recursos financeiros. Entre os participantes contemplados, 26 são da grande área de Ciências Biológicas, 25 da de Ciências Agrárias e outros 25 da área de Ciências Exatas e da Terra. Também receberão o auxílio, 20 projetos de Ciências Humanas, 15 de Ciências da Saúde, 8 de Ciências Sociais Aplicadas, 7 de Engenharias e outros 3 de Letras, Linguística e Artes.

Segundo a presidente da FAPEG, Maria Zaira Turchi, este recurso é de suma importância no sentido de manter em pleno funcionamento os vários laboratórios e áreas de pesquisas em Goiás. “O FAPEG Universal é fundamental para o andamento e a continuidade de pesquisas relevantes que acontecem em nossas universidades e centros de pesquisas”, afirma.

As propostas contempladas apresentam valores entre R$20 mil e R$ 92,5 mil. O resultado respeitou a aplicação de 30% dos investimentos em projetos de instituições de ensino superior sediadas no interior.

Fonte:FAPEG

Próximos Eventos