+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Fapeap recebe inscrições de projetos científicos em cooperação com a França

As Fundações de Amparo à Pesquisa dos Estados do Amapá (FAPEAP), do Amazonas (FAPEAM) e do Maranhão (FAPEMA), parceiros patrocinadores do programa GUYAMAZON de cooperação científica e universitária com a França, recebem propostas de projetos científicos e intecâmbio internacional até 27 de fevereiro de 2015.

O GUYAMAZON é um programa franco-brasileiro de cooperação científica e universitária envolvendo atualmente 130 pesquisadores de 32 instituições científicas e de ensino superior francesas e brasileiras. O programa visa promover a cooperação científica entre o Brasil, a França e a região da Guiana Francesa e estimular o desenvolvimento e execução conjunta de projetos de investigação, formação, inovação, por meio de colaborações entre pesquisadores/professores de instituições de ensino e pesquisa francesas, da região Guiana e os seus homólogos dos estados brasileiros do Amapá, Amazonas e Maranhão, sobre bases estáveis ​​visando uma melhor interação entre as comunidades científicas, prioritariamente, na Amazônia Legal e Guiana Francesa;

“Desde seu lançamento em 2010, GUYAMAZON concorre de maneira inovadora e bem sucedida com o desenvolvimento e a consolidação das colaborações transfonteiriças entre a França, a Região da Guiana e o Brasil. Ele financia projetos de pesquisa e de formação que suscitam, no prazo, a aplicação de diferentes ferramentas: módulos de ensino cruzados, projetos de mestrados internacionais, enquadramento conjunto de mestrados, teses de doutorados e mobilidade acadêmica entre professores, pesquisadores e acadêmicos”, diz a Dra. Mary Guedes, Presidente da Fapeap.

A Fapeap já apoiou 8 projetos de pesquisa de diversas ICT´s do Estado como Iepa, Ifap, Embrapa, Ueap e Unifap, totalizando mais de R$ 600 mil reais. Os projetos selecionados no primeiro edital foram: Biodiversidade na fronteira: dinâmicas das práticas e arranjos institucionais (FRONTAGUI/Unifap/Gutemberg Silva) ; Avaliação das atividades antioxidantes e anti-inflamatórias de plantas da farmacopéia amazônica – (SCIAMAZ/Unifap/José Carvalho); Monitoramento e valoração do carbono: modelos de distribuição espacial da biomassa em ecossistemas tropicais – (BIOFLOR/Embrapa/Eleneide Sotta) ; Dados espaciais para biodiversidade e recursos aquáticos – (DS BIODIVA/Iepa/Valdenira Santos) ; Do sinal de interação a molécula na região amazônica da fronteira entre a Guiana Francesa-Amapá – (INTERAMAZ/Unifap/Jocivania Silva). No segundo edital foram selecionados mais 3 projetos, com valores maiores e grupos de pesquisas mais fortalecidos : Biodiversidade e Zoogeografia de Pequenos Mamíferos no Escudo das Guianas (Iepa/Claudia Silva) ; Dinâmicas Regionais, Populações Locais e Políticas Públicas: Práticas e percepções do território e da biodiversidade no Amapá e na Guyana Francesa (DIPOLOP/Unifap/Emmanuel Santos) ; Respostas das Florestas Tropicais à Exploração Florestal: novas perspectiva para o manejo florestal na Amazônia – GUIAMAFLOR/Embrapa/Eleneide Sotta).

Fonte: FAPEAP

Próximos Eventos