+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Fapeap Participa das Reuniões do Programa Guyamazon em Brasília

Reuniram-se nos dias 28 e 29 de maio de 2015 em Brasília – DF, os membros dos Comitês Científico Binacional e o de Pilotagem do PROGRAMA de COOPERAÇÃO INTERNACIONAL entre as Fundações de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (FAPEAP), do Amazonas (FAPEAM), do Maranhão (FAPEMA) – e Institut de Recherche Pour Le Developpement– IRD e o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento – CIRAD e a Região da Guiana Francesa.

O objeto do Programa Guyamazon é apoiar a execução de projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I), no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre os pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa dos Estados do Amapá, Amazonas e Maranhão e pesquisadores franceses, mediante a seleção de propostas destinadas a mobilidade acadêmico-cientifica de estudantes, docentes e pesquisadores atuantes em projetos de pesquisa que se enquadraram dentro das 8 (oito) áreas temáticas estabelecidas na 3ª chamada.

O Comitê de Pilotagem é composto pelos parceiros financiadores franceses e brasileiros do Programa Guyamazon, incluindo  os Presidentes das Fundações de Amparo a Pesquisa dos Estados envolvidos, Dr. Alex Oliveira de Souza (FAPEMA); Dr.René Levy Aguiar (FAPEAM); Dra. Mary de Fátima Guedes dos Santos (FAPEAP); Dr. Phillipe Martineau, Consellher de coopération et d’Action culturelle adjoint; Dr. Frédéric Huynh, Représentant de IRD au Brésil e Dr. Bernard Mallet, Directeur du Cirad au Brésil,  esteve incumbido de avaliar as edições anteriores do programa; articulava mecanismos de acompanhamento mais detalhado dos projetos apoiados, bem como das articulações entre os gestores para continuidade do programa.  Já o Comitê Científico Binacional teve a árdua tarefa de analisar e ranquear conjuntamente as propostas apresentadas à 3ª Chamada do Programa Guyamazon.

Ao todo, foram 17 (dezessete) propostas submetidas, sendo 11 (onze) à FAPEAP, 5 (cinco) à FAPEAM e 01 (uma) à FAPEMA, contudo, apenas 12 (doze) estavam devidamente enquadradas aos critérios do edital e foram submetidas à avaliação ad hoc.

Além das notas e conceitos anteriormente atribuídos pelos avaliadores ad hoc, o Comitê Científico Binacional considerou como critérios de avaliação a cooperação intrarregional, envolvendo mais de um estado brasileiro, o envolvimento de instituições da Guiana Francesa e a cooperação interinstitucional dentro dos estados brasileiros. Assim, a partir desses critérios, cada proposta foi apreciada pelo comitê científico e recebeu uma nota atribuída conjuntamente por consenso de todos os membros e foi estabelecida uma escala de ranqueamento com seus respectivos conceitos e comentários finais.

Feito o ranqueamento em ordem decrescente, foi observado o orçamento de cada agência financiadora Desta forma, foram aprovadas 7 propostas sendo 2 (duas) da FAPEAP, 4 (quatro) da FAPEAM e 1 (uma) da FAPEMA. Após a avaliação dos propostas pelo comitê científico, estas foram ainda submetidas à análise e homologação final pelo comitê de pilotagem.

Fizeram parte do referido comitê ciêntífico os seguintes pesquisadores: Dr. Patrick Seyler; Dr. Yves M. P. H. Lucas, Dr. Phillipe Lena, Dr. Lailson do Nascimento Lemos, Dr. Carlos José Souza Passos e o Dr. Carlos Federico de Angelis. Para o comitê de Pilotagem, estavam participando os diretores-presidentes das Fundações de Amparo à Pesquisa dos Estados do Amapá, Amazonas e maranhão, bem como dos parceiros das instituições francesas participantes do Programa Guyamazon: o Institut de Recherche Pour Le Developpement– IRD o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento – CIRAD e a Região da Guiana Francesa.

Os resultados das avaliações serão divulgados pelas respectivas Fundações de Amparo à Pesquisa participantes do Programa Guyamazon, conforme estabelecido no edital e retificações posteriores, obedecendo aos seus cronogramas.

Fonte: FAPEAP

Próximos Eventos