+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Fapeap lança chamada para projetos de inovação na indústria

Veja a integra do Edital:

A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO AMAPÁ – FAPEAP vinculada a SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO – SETEC, objetivando a promoção do desenvolvimento de inovações tecnológicas em parceria entre empresas e instituições científicas e tecnológicas amapaenses, torna público e convida as empresas privadas sediadas no Estado do Amapá a apresentarem propostas para obtenção de apoio financeiro, na forma de apoio a projetos de pesquisa conjuntos, nas condições estabelecidas nesta Chamada de Apoio à Cooperação entre Empresas e ICT´s.

1. FUNDAMENTOS

A FAPEAP, com este Edital, tem por objetivo incentivar a parceria entre empresas privadas e Instituições Científicas e Tecnológicas (ICT´s) estabelecidas no Estado do Amapá, através da modalidade de open innovation (inovação aberta), de modo a criar e estimular a pesquisa e desenvolvimento (P&D) de projetos em parcerias através de cooperação.

Este tipo de parceria, em formato de cooperação, visa estimular a interação de pesquisadores que desenvolvem pesquisas em universidades, centros de pesquisa, institutos de pesquisa do Amapá, com empresas que tem interesse em desenvolver pesquisa aplicada ao mercado.

Ao mesmo tempo, pretende-se também estimular as empresas amapaenses a cada vez mais absorverem o conhecimento das ICT´s para ajudar no desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica para que possam melhorar a competitividade no mercado.

O Edital também tem como proposta difundir e integrar o conhecimento gerado através de parcerias entre organizações empresariais e ICT´s, e procura estabelecer a cooperação e o trabalho em rede entre pesquisadores das ICT´s e das empresas de diferentes portes.

Assim, a FAPEAP contribui em conformidade com o que estabelece a Lei Federal nº 10.973 de 02 de dezembro de 2004, que dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica, no ambiente produtivo, para a construção e intensificação das conexões entre organizações empresariais, em particular, aplicáveis as amapaenses e instituições de pesquisa do Estado.

2. OBJETIVOS

 

2.1 Objetivo Geral

Selecionar e fomentar projetos de inovação tecnológica, de processos, produtos ou serviços, oriundos de empresas privadas classificadas como micro, de pequeno porte, média e de grande porte em parceria com pelo menos uma ICT sediada no Estado do Amapá. Deste modo, deseja-se a parceria Empresa/ICT e que esta estimule a cooperação entre as organizações amapaenses através da execução de projetos cooperativos de pesquisa, desenvolvimento e inovação – PD&I. 

 

2.2 Objetivos Específicos

2.2.1 Proporcionar o desenvolvimento de um novo produto, processo ou serviço inovador na Empresa Executora em parceria com ICT(s) parceira(s) permitindo a melhoria de faturamento e competitividade das empresas amapaenses;

2.2.2 Permitir e induzir a aproximação entre Empresas e ICTs objetivando o desenvolvimento da pesquisa tecnológica ou da transferência de tecnologias;

2.2.3   Apoiar a pesquisa, desenvolvimento e inovação nas empresas amapaenses, em proposta conjunta, de forma a fortalecer a inovação tecnológica no Estado do Amapá;

2.2.4   Estimular a cultura da inovação tecnológica nas empresas em formato cooperativo com ICT´s;

2.2.5   Estimular o empreendedorismo através do fortalecimento de micro empresas, empresas de pequeno porte, média e grandes empresas inovadoras no Estado do Amapá em parceria com ICT´s que possam oferecer suporte em PD&I;

2.2.6   Estimular o potencial de pesquisa, desenvolvimento e inovação – PD&I de empresas;

3. ÁREAS DA CHAMADA

Seguindo o que é definido no Programa Brasil Maior e na Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – ENCTI, em consonância com a Política Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amapá e as áreas de interesse do Programa de Apoio de Pesquisa na Empresa da FAPEAP, as propostas devem estar inseridas necessariamente em um dos seguintes temas:

 

TEMA 1: Agronegócio, alimentos, biotecnologia, biodiversidade;

TEMA 2: Fármacos, cosméticos e saúde em geral;

TEMA 3: Nanotecnologia, semicondutores e eletro-eletrônicos;

TEMA 4: TICgames (jogos eletrônicos) e atividades audiovisuais (desenvolvimento de games);

TEMA 5: Biocombustíveis, indústria de petróleo e gás, naval e offshore, química e petroquímica;

TEMA 6: Engenharia de produto, processo, serviço e novos materiais;

TEMA 7: Transportes, automotivo, segurança e acessibilidade.

TEMA 8: Energias renováveis, meio ambiente, celulose e cadeia da madeira.

TEMA 9: Construção civil e mineração.

Fonte FAPEAP

Próximos Eventos