+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Famerp é primeira colocada em SP no exame do Cremesp

A Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) foi anunciada, na última quarta-feira, 17, pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) como a primeira colocada no Exame do Cremesp de 2015 no Estado.

A avaliação teve 120 questões objetivas de múltipla escolha abrangendo problemas comuns da prática médica em nove áreas básicas: Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Ginecologia, Obstetrícia, Saúde Mental, Epidemiologia, Ciências Básicas e Bioética.

São considerados habilitados os formandos ou recém-formados que tiveram pelo menos 60% de acerto. As regras para a realização do Exame foram criadas por uma Comissão Interna do Cremesp, em conjunto com a Fundação Carlos Chagas, responsável pela elaboração e aplicação das provas. A 11º edição do exame foi realizada no dia 18 de outubro de 2015, nos municípios de Botucatu, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São Paulo e Taubaté. A prova contou com a participação de 3.142 egressos de cursos de Medicina dos 3.321 inscritos do Estado de São Paulo e também de outras localidades, resultando em um índice de abstenção de apenas 5,4%.

Para o diretor geral da Famerp, Dulcimar Donizeti de Souza, o índice de avaliação da Famerp é motivo de orgulho, já que coloca a instituição em patamares mais elevados: “O bom índice é resultado do empenho e do engajamento de nossos alunos, assim como da qualidade do nosso ensino e do corpo docente, infraestrutura do campus e dos hospitais-escola”.

Ainda de acordo com o diretor, a faculdade está se consolidando ano a ano, com o crescimento da procura pelo vestibular, aumento do número de vagas para o curso de medicina e melhorias na estrutura do campus, como a construção do Laboratório de Habilidades e do novo anfiteatro.

O conselheiro do Cremesp, Pedro Teixeira Neto, explica que esta não é a primeira vez que a Famerp fica bem colocada no exame. “É motivo de muito orgulho para a região, ter uma instituição como a Famerp, principalmente neste momento em que o ensino passa por problemas como escolas sem corpo docente qualificado e sem ensino de qualidade. Todas as faculdades deveriam ter um desempenho como esse”.

Fonte: SDCT-SP

Próximos Eventos