+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Estudos da UnB sobre o uso de resíduos de construções é finalista em prêmio nacional

O projeto de pesquisa “Aplicabilidade de resíduos reciclados da construção e demolição como agregados em misturas asfálticas” recebeu menção honrosa no Prêmio Péter Murányi 2015. Os estudos foram desenvolvidos pelo professor Márcio Muniz, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, e seu aluno de doutorado Ferney Sinisterra.

O Péter Murányi é um prêmio anual realizado desde 2002 e tem o objetivo de valorizar o trabalho de pesquisadores e instituições que se destacam por inovações voltadas para o bem estar social das populações situadas abaixo do paralelo 20. O prêmio contempla quatro áreas de modo alternado: saúde, educação, alimentação e desenvolvimento científico e tecnológico, que foi o tema desta edição.

Concorrendo com mais de cem trabalhos de 77 instituições de pesquisa, a pesquisa do professor Márcio demonstra a aplicação dos agregados reciclados a partir de resíduos de construção e demolição (RCD) em conjunto com asfalto-borracha como materiais alternativos para misturas asfálticas.

O professor Márcio Muniz comenta a relevância da conquista. “É um reconhecimento e um incentivo saber que nosso trabalho tem um impacto positivo não só do ponto de vista acadêmico, mas em aplicação real. É um resultado benéfico tanto em aspectos econômicos como ambientais”, afirma.

A premiação será realizada em São Paulo, no dia 28 de abril. Além da pesquisa da UnB, também foi finalista a “Obtenção de uma nova vacina pertussis celular menos reatogênica e um novo adjuvante em um processo integrado: uma abordagem para países em desenvolvimento”, do Instituto Butantã e o vencedor foi o projeto do Instituto do Coração, “Biodesign do Coração Artificial Pediátrico InCor”.

Os autores das pesquisas também terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos em uma sessão especial na 67ª Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), que será realizada em julho deste ano, na Universidade Federal de São Carlos, interior de São Paulo.

RECICLAGEM – Resíduos envolvem materiais que são descartados durante uma contrução ou obra civil. Segundo Muniz, esses resíduos são divididos em quatro classes (A, B, C e D). Na chamada classe A, estão todos os materiais que podem ser triturados e vendidos como agregados na construção. Na classe B, estão os resíduos recicláveis como o plástico e o vidro. Na terceira classe, encontram-se materiais que não se sabe se podem ser reciclados, como o gesso. Na classe D estão os tóxicos, que não podem ser reciclados.

A partir disso, o professor Márcio explica que submeteu um projeto PRONEX, financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pela Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF) para pesquisa de materiais recicláveis alternativos para pavimentação. “Investigamos os mais diversos materiais, RCDs, pneus descartados, e fizemos a análise para aplicação em misturas asfálticas”.

Os resultados mostraram que o material se comporta bem como revestimento e atende a todas as especificações. Eles foram favoráveis nos pontos de vista técnico e econômico e abrem caminho para uma nova aplicação dos resíduos de construção e demolição.

Fonte: UnB

Próximos Eventos