Giro nos Estados

Estudantes de inclusão digital e educação ambiental são certificados no Acre

Investimento em formação tecnológica para variadas áreas produtivas é uma prioridade no governo Gladson Cameli, conforme assegurou o secretário de Estado da Indústria, Ciência e Tecnologia, Anderson Abreu de Lima, durante entrega de certificados aos estudantes dos cursos profissionalizantes de Operador de Computador e de Educação Ambiental, nesta quarta-feira, 23.

Em 2018, foram atendidos 266 alunos e nesta etapa, o curso capacitou mais 30 alunos, a maioria de jovens que busca capacitação com o objetivo de ser inseridos no mercado de trabalho. Mas há também que já esteja inserido nas mais variadas áreas produtivas, como é o caso da professora Francisca Neires.

Alunos do telecentro recebem certificados; capacitação para os jovens (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

Sem disfarçar o contentamento ao receber o certificado, a professora ressaltou que o documento vai receber uma moldura especial em local visível, fazendo jus ao que lhe representa como conquista.

“Agora sou capaz de utilizar um computador, dispor de todo conteúdo tecnológico e não me sinto mais uma profissional atrasada, dependente de terceiros até pra ligar a máquina”, comemorou Neires.

Os estudantes Janaira Amorim e Josué Seixas foram reconhecidos como destaque em evolução no aprendizado, em frequência, em notas e na participação. Por isso, ambos foram presenteados com kits de material reciclado.

Na visão do secretário Anderson Abreu de Lima, bons resultados como os apresentados pelos alunos motivam investimentos, cada vez mais contínuos, em capacitações, indo a favor do projeto do governador Gladson Cameli, que é o de criar incentivos capazes de atrair indústrias para se instalarem no Acre.

 

Secretário Anderson Abreu de Lima em fala para a os estudantes sobre a importância da capacitação profissional (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

“Dentro desse projeto, a capacitação vai de encontro a esse anseio, pois precisaremos ofertar mão-de-obra capacitada para as empresas”, defendeu Abreu de Lima.

O secretário adiantou que a prioridade no primeiro momento de sua gestão será a reativação dos Telecentros de formação, instalados em regiões estratégicas de Rio Branco, com o objetivo de ofertar capacitação em ciência e tecnologia pra todo tipo de público que manifeste interesse.

“Utilizar a transversalidade da tecnologia para todas as áreas é o caminho pra o sucesso na geração de emprego e renda”, reforçou.

Governo e Prefeitura de mãos dadas

A formação em operador de computador e educação ambiental foi possível por meio da parceria entre Governo do Estado, disponibilizando a plataforma digital, e a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que ofereceu professores e espaço físico.

Com carga horária de 80h, a formação teve como objetivo a inserção do componente Educação Ambiental no currículo dos alunos do Telecentro do Horto Florestal, incluindo orientações gerais sobre questões ambientais e visita orientada no Parque Zoobotânico.

Nesse sentido, a Universidade Federal do Acre colaborou para a formação de uma consciência crítica e participativa dos alunos frente às questões ambientais debatidas.

“Foi satisfatória a participação do atual secretário da Seict em nossa atividade de entrega de certificados, pois de antemão, já tivemos uma conversa de continuidade de uma parceria promissora”, garantiu a secretária Municipal de Meio Ambiente, Paola Daniel.

Fonte: Notícias do Acre

Próximos Eventos