Giro nos Estados

Espírito Santo quer avançar na parceria com Noruega para incentivo à pesquisa

Com avanços no setor de óleo e gás há 40 anos, a Noruega despontou em inovação e quer expandir sua experiência com parceiros de outros países. Um deles é o Espírito Santo, que assinou um acordo de cooperação com a Norwegian Centre of Expertise Subsea (NCE Subsea) em 2010 com o objetivo de fomentar negócios e pesquisas, além de implantar um modelo de gestão, inovação e competitividade nas empresas. O secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, recebeu, nesta terça-feira (24), o presidente da NCE Subsea, Owe Hagesaether, para tratar do assunto.

A NCE Subsea é uma organização que abrange empresários do país e as instituições de pesquisa com o apoio do governo e visa ao fortalecimento das operações marítimas. A intenção é trabalhar junto com o Espírito Santo para estreitar o relacionamento entre empresas e fornecedores, permitindo crescimento e novas oportunidades. E a Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes) está estruturando um programa que vai trabalhar especificamente com o setor de petróleo e gás visando estreitar os laços entre as instituições, entre outras ações.

“Somos um pequeno país e acreditamos que podemos ajudar no desenvolvimento da cadeia do petróleo e assegurar o crescimento das empresas que prestam serviço para o setor. Nossa intenção é exportar não somente o petróleo, mas o conhecimento e as tecnologias que alcançamos”, destacou Hagesaether.

O secretário José Eduardo Azevedo reafirmou a importância da parceria. “Nossos setores metalmecânico e de serviços são fortes e podem crescer ainda mais com essa troca de experiência. A primeira tarefa é levantar quais as empresas capixabas podem ser parceiras da organização. Estamos em um momento de rearranjo no Brasil e no Espírito Santo, mas vamos superar a crise e avançar ainda mais em nossa economia”.

O Centro Norueguês de Especialização Subsea (NCE Subsea) é uma iniciativa da indústria submarina na área de Bergen para o reforço e internacionalização dos negócios. Mais de 80 empresas e organizações formam o corpo do NCE Subsea.

Também estiveram presentes na reunião o secretário de Ciência e Tecnologia, Guerino Balestrassi; a subsecretária de Estado de Desenvolvimento, Cristina Santos; o subsecretário de Logística de Transportes, Orlando Caliman; o gerente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Christiano Furtado.

Fonte: SECTTI-ES

Próximos Eventos