Giro nos Estados

ES participa de planejamento para as áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação do Nordeste do País

Espírito Santo está participando da elaboração do planejamento nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação da região Nordeste do Brasil. Por meio de oficinas de trabalho, os estados brasileiros definirão sua forma de atuação para contribuir com o desenvolvimento da região.

Nesta quarta (16) e quinta-feira (17), serão realizadas oficinas de trabalho, denominadas “Oficina de Trabalho para Elaboração da Proposta do Plano de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (PCTI/NE)”, no auditório da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (Sectti) e na Fucape, respectivamente.

No primeiro dia os integrantes irão debater os propósitos do projeto e o segundo dia será dedicado às atividades de discussão e formulação de proposições para o Plano. O processo será mediado pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

Segundo o Diretor Supervisor do CGEE, Antônio Carlos Filgueira Galvão, este Plano pode gerar novos projetos para os setores de CT&I do Estado. “Nos unimos em prol do Nordeste e acreditamos que o Espírito Santo pode ajudar muito. Com um trabalho bem feito podemos fortalecer as ações do ES em âmbito nacional”.

O Plano, que é coordenado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, traz para o Estado a possibilidade de captar recursos para o desenvolvimento de CT&I. O Espírito Santo entrou neste plano por fazer parte da área de influência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), por possuir área de semiárido. Esta é a primeira de muitas rodadas que ainda serão realizadas.

A proposta de construção do PCTI/NE surge da necessidade de orientar a participação das instituições de outros Estados no sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação da região Nordeste. A partir das oficinas de planejamento participativo organizadas pelas Secretarias de CT&I e pelas Fundações de Amparo a Pesquisa (FAPs), cada estado definirá sua forma de atuação para colaborar com o desenvolvimento.

Fonte: SECTTI-ES

Próximos Eventos