+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Equipe da SEDEC RN visita Parque Tecnológico do RJ

Na última terça-feira (03) a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SEDEC) apresentou um balanço da visita feita ao Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio Janeiro (UFRJ). A equipe formada pela coordenadora de desenvolvimento científico e tecnológico da SEDEC, Irani Santos, o coordenador de desenvolvimento energético da SEDEC, José Mário Gurgel, e a diretora executiva do Centro de Tecnologia do Gás e Energias Renováveis (CTGAS), Cândida Aragão, foi ao Rio de Janeiro com o objetivo de conhecer o funcionamento do Parque, que está instalado há 10 anos e conta com um grandioso modelo de pesquisa e desenvolvimento. A equipe foi recebida pelo Diretor Executivo do Parque Tecnológico da UFRJ, Mauricio Guedes, que apresentou a estrutura e o modelo de governança utilizado.

Com uma estrutura compacta e organizada, o Parque possui um Conselho Diretor, presidido pelo Reitor, formado por profissionais ligados à universidade, Federação das Indústrias, SEBRAE-RJ, Prefeitura e Governo do Rio do Janeiro, para proporcionar uma interação entre academia, instituições e iniciativa privada, fundamental para o bom funcionamento do Parque Tecnológico. É nesse sistema de governança que a SEDEC pretende se espelhar para a implantação do primeiro Parque Tecnológico do RN que terá como foco a cadeia produtiva de energia renovável. O objetivo do Governo do Estado é com a instalação do Parque consolidar a atração de novas empresas, parcerias entre universidades e instituições de pesquisa, além de favorecer um ambiente propício para estimular o desenvolvimento socioeconômico, investimentos e inovação. De acordo com a equipe além de conhecer o funcionamento do Parque e analisar o modelo de governança, a troca de experiências foi fundamental para contribuir no processo de articulação entre a SEDEC e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no sentido de demonstrar o sucesso da parceria entre universidade e Parque Tecnológico.

No momento, o Governo do RN articula uma parceria com a UFRN para instituição ceder o terreno para implantação do Parque Tecnológico. Segundo Irani Santos é de total interesse do Governo a pareceria com a Universidade, porém a definição da área não é restrita e já existe também a negociação para construção em terrenos privadas. A instalação do Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte será financiada pelo Banco Mundial, com um custo total de R$ 42 milhões, dentro do projeto RN Sustentável. A ideia é seguir o modelo da UFRJ onde funcionam centros de pesquisa, empresas de pequeno, médio e grande porte, além de incubadoras e laboratórios.

Fonte: SEDEC-RN

Próximos Eventos