+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Empresários do interior do Estado conhecem o Tecnova Pará

Os municípios interessados em participar do Programa de Incentivo à Inovação em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o Tecnova, Pará têm até o dia 27 de março para participar do Edital 003/2014. De 10 a 13 deste mês, cinco deles, do interior paraense (Marabá, Santarém, Altamira, Tucuruí e Paragominas) receberam equipes da Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa) e da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), para a divulgação do programa. O próximo município a receber a reunião de apresentação do Tecnova Pará será Itaituba, nesta terça-feira, 18.

 Em Marabá, no sudeste do Estado, aproximadamente 30 pessoas participaram e tiraram dúvidas acerca do programa. O evento ocorreu no auditório da sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com a presença de Márcia Macedo, da Secti, e Francisco Batista, da Fundação Amazônia Paraense.
Ainda na mesma região, em Tucuruí, estiveram presentes cerca de 20 microempresários na reunião. Inicialmente, eles ligaram a proposta do edital apenas como uma melhoria de serviços que poderiam ser agregados em seus produtos, mas ao final, já sensibilizados, conduziram outros donos de empresas com potenciais produtos inovadores, como foi o caso do mecânico e produtor rural Trajano. Ele criou uma máquina para colher açaí e outros frutos cuja frutificação se dá em grandes alturas. Como o produto já é uma inovação poderá participar da concorrência ao edital, para requerer melhorias, tornando-o viável para comercialização e para possibilitar exatamente o que o Tecnova Pará propõe, maior competitividade ao mercado e melhorias para a cadeia produtiva local.
O coordenador de inovação da Fapespa, Francisco Ramos, que esteve presente em reuniões de alguns municípios, disse que os empresários têm muito interesse em inovar, mas possuem certa dificuldade de identificar seus produtos ou serviços como inovação e, ainda, de colocá-los no formato de projeto para a concorrência do edital do Tecnova Pará. “Nós vimos orientando os empresários a buscarem apoio de parceiros nas universidades e instituições com expertise em projetos, para orientá-los com a apresentação das propostas. Não adianta somente ter a ideia, tem que saber apresentá-la para a concorrência”, recomendou Ramos.
Com o Tecnova, o governo visa promover o aumento das atividades de inovação e a competitividade das microempresas e da economia da região e do país, ao apoiar o desenvolvimento de produtos e processos inovadores, por meio da concessão de recursos econômicos às empresas.
Certame – Os proponentes, que desejarem submeter projetos ao Edital, deverão acessar a página do SigFapespa. A seleção das propostas será realizada a partir de análises e avaliações comparativas. O resultado preliminar da submissão das propostas está previsto para o dia 04 de abril. Já a divulgação do resultado final deverá ocorrer a partir de 17 de abril.
Fonte: Fapespa

Próximos Eventos