Giro nos Estados

Editais injetam R$ 28 milhões em inovação no Ceará

A Funcap acaba de lançar três editais de fomento destinados a projetos de diversos ramos da economia.

Recursos da ordem de R$ 28 milhões se encontram disponíveis para empresas cearenses que decidirem investir em inovação tecnológica. A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) lançou três editais, com financiamentos não-reembolsáveis para projetos nos diversos ramos de atividade econômica.

“O que mais se destaca nestes editais é o volume de recursos que está sendo ofertado. Nestes últimos quatro anos, o montante em inovação aumentou nove vezes em relação ao passado, e isso é muito significativo”, destaca o presidente da Funcap, Tarcísio Pequeno. Segundo ele, a política de incentivo feita na área tem mudado radicalmente, beneficiando não somente a pesquisa científica e pós-graduação, mas também apoiando à inovação de base tecnológica nas empresas. “Há poucos anos, o grande problema era a escassez de recursos no Ceará e no Brasil. Isto não existe mais”, afirma. Mas, admite que ainda há dificuldade por parte das empresas em elaborar projetos técnica e economicamente viáveis.

Entre os editais de fomento, está o Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas (Pappe Integração), que é destinado a empresários, sociedades empresariais e simples, que estejam enquadrados nas categorias de microempresas ou empresas de pequeno porte no Ceará e que realizem ou se proponham a realizar atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I). Com um caixa de até R$ 15 milhões para aplicação no Ceará, o programa realiza subvenção econômica ao desenvolvimento de processos e/ou produtos inovadores em fase anterior à comercialização. Do total de recursos, que serão repassados em quatro anos, R$ 10 milhões serão concedidos pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e R$ 5 milhões pela Funcap. As propostas das empresas podem variar de R$ 100 mil a R$ 400 mil.

Os outros dois editais são do Fundo de Inovação Tecnológica, que conta com R$ 10 milhões e é voltado a pequenas, médias e grandes empresas, e o de Tecnologia da Informação, com R$ 3 milhões disponíveis para projetos.

Fonte: Diário do Nordeste, 21/09/2010

Próximos Eventos