Giro nos Estados

Divulgados empreendedores selecionados para a próxima fase do Sinapse da Inovação

O Governo do Estado divulgou a relação dos empreendedores selecionados para a próxima fase da 4ª operação do Sinapse da Inovação, programa que promove o empreendedorismo inovador em todo o estado de Santa Catarina e oferece capacitação e recursos para transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso. Do total de 205 Projetos de Empreendimento, submetidos na segunda fase do programa, 164 foram habilitadas para a próxima fase, quando deve ser desenvolvido e apresentado o Projeto de Fomento. A lista dos projetos selecionados está disponível no site do programa:www.sinapsedainovacao.com.br.

Para a secretária do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) em exercício, Lucia Dellagnelo, o programa contribui para o fortalecimento do ambiente de inovação em Santa Catarina. “Ao fomentar ideias e empreendimentos inovadores, o Sinapse da Inovação nos aproxima ainda mais do estado máximo da inovação”, avalia Lucia.

As propostas que seguem no programa são oriundas de cerca de 40 municípios catarinenses. “Esse número mostra o alcance do programa e também o aproveitamento do conhecimento gerado e de inovações em todas as regiões do estado”, afirma Antônio Rogério de Souza, coordenador do programa na Fundação CERTI.

O conjunto de propostas foi avaliado por 37 especialistas de todas as mesorregiões catarinenses. A maioria dos projetos aprovados para a próxima fase estão nas áreas de Tecnologias de Informação e Comunicação (39%), Mecânica e Mecatrônica (13%), Tecnologia Social (9%) e Eletroeletrônica (9%). Entre os setores econômicos mais contemplados estão saúde (15%), bens de capital (13%), meio ambiente (12%) e agroalimentar (11%). As principais cidades com projetos aprovados foram Florianópolis (44), Joinville (23), Lages (13), Chapecó (11) e Blumenau (9).

Os proponentes dos 164 Projetos de Empreendimento aprovados para a próxima fase deverão apresentar até o dia 09/12 o Projeto de Fomento, quando devem ser detalhados o plano de trabalho e o orçamento da etapa de pré-incubação. Os participantes selecionados nesta Fase 3 estarão aptos a receber a subvenção de R$50 mil da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (FAPESC) para aplicar na estruturação da empresa e no desenvolvimento do produto ou serviço, além de R$29 mil para serem utilizados em consultorias e cursos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC). O Sinapse da Inovação é um programa do Governo do Estado, por meio da SDS e da  FAPESC, com apoio do Sebrae/SC, realizado pela Fundação CERTI.

Como funciona o Sinapse

Na primeira etapa, o candidato deve apresentar sua ideia de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia tem potencial inovador e de mercado, bem como os diferenciais tecnológicos que a tornam um negócio atrativo. A etapa de Capacitação e Seleção divide-se em três fases: inscrição de ideias, projeto de empreendimento e de fomento. Ao final, serão selecionadas até 100 empresas que receberão os recursos para colocar em prática suas ideias inovadoras, incluindo capacitações na pré-incubação e auditoria.

Números do Sinapse

Desde o lançamento até a terceira edição, em 2012, o Sinapse da Inovação possibilitou a criação de 189 empresas, que geraram cerca de 600 novos empregos diretos de alta qualificação em todo o Estado. A maior parte delas (65%) tem faturamento até R$ 300 mil, mas já há empresas que superam R$ 10 milhões. Juntas, elas arrecadaram mais de R$ 5 milhões em impostos em 2012, superando o investimento feito pelo governo no Programa.

Fonte: SDS-SC

Próximos Eventos