Giro nos Estados

DF ganhará Museu de Ciência e Tecnologia

O Distrito Federal terá um Museu de Ciência e Tecnologia. O espaço será construído no Setor de Divulgação Cultural, sob a gestão da Secretaria de Cultura. A obra vai ter 20 mil m², dos quais 9 mil serão destinados para exposições que atenderão diversos segmentos.

O novo museu contará com anfiteatro, auditório, oficinas multiuso, café/restaurante, loja e o Observatório Astronômico/Planetário. O ambiente também comportará espaços temáticos, como o “Parque da Ciência”, com jogos interativos e experimentos didáticos hands-on e construção de brinquedos científicos.

Na estrutura, será projetada, ainda, “o Techné”, área que explorará as relações entre arte, ciência e tecnologia com experimentação conceitual; e o “Ciência e Tecnologia em Foco”, que será um espaço dedicado à difusão e popularização da ciência, por meio de diálogo direto entre temas pungentes da ciência e tecnologia na relação com a sociedade.

A criação do Museu é baseada em conteúdos temáticos interdisciplinares, com ações que buscam a integração entre o conhecimento científico e o cotidiano das pessoas. A ideia é estimular a curiosidade, a reflexão e a investigação científicas.

Com a criação desse espaço, o GDF pretende aprimorar a formação dos professores nas áreas de ciência da natureza e suas tecnologias e promover atividades científico-culturais, além de estimular vocações científicas e contribuir para a inclusão social, favorecendo o acesso à formação na área.

O processo de instituição do Museu de Ciência e Tecnologia de Brasília foi articulado pela Casa Civil da Governadoria e conta com a parceria da da Secretaria de Cultura do DF, Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), da Universidade de Brasília (UnB).

Projeto arquitetônico – O próximo passo para a criação do Museu de Ciência e Tecnologia é a escolha do projeto arquitetônico para construir o prédio. O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) vai lançar um concurso nacional e o projeto vencedor dará suporte para o projeto executivo de construção do espaço.

Museus – O Distrito Federal possui hoje 66 museus, seis deles distritais e sob responsabilidade da Secretaria de Cultura. São eles : Museu do Catetinho, Museu Vivo da Memória Candanga, Museu da Cidade (Praça Três Poderes), Museu de Arte de Brasília (MAB), Museu da República Honestino Guimarães e Memorial dos Povos Indígenas.

Em outubro do ano passado, por meio do Decreto nº 33.975, o GDF instituiu o Sistema de Museus do Distrito Federal (SIM/DF). Ele vai definir as políticas públicas do setor museal, como as linhas de recurso e financiamento, além da gestão para cumprir o Estatuto dos Museus.

“Com a criação do Sistema de Museus, o GDF se alinha à política nacional para o setor, definido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Nesse sentido, realizaremos um seminário nos dias 21 e 22 de novembro, no Teatro Nacional, para discutir o sistema e planejar as ações dos museus para 2014”, afirmou o subsecretário do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, José Delvinei.

Fonte: SECTI-DF

Próximos Eventos