+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Desenvolvimentos metodológicos e aplicações da Estatística são discutidos em Encontro promovido pela UEPB

Cerca de 260 estudantes e 20 professores do curso de Estatística da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) participaram nesta quinta (19) e sexta-feira (20) do 1º Encontro Paraibano de Estatística (EPBEST).

O evento promovido pelo Departamento de Estatística da UEPB, em parceria com a UFCG e UFPB, foi realizado no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, com a proposta de unir os três cursos de Estatísticas existentes na Paraíba na perspectiva de mostrar a comunidade o que cada curso tem feito de bom e contribuído para o crescimento da área. A ideia, trabalhada durante meses por professores dos departamentos das três cursos, foi fazer com que o evento integre um calendário anual das instituições e passe a ser realizado periodicamente.

Os temas foram apresentados em forma de conferências, mesas redondas, sessões temáticas, minicursos e apresentação de trabalhos. Chefe do Departamento de Estatística da UEPB e uma das organizadoras do evento, a professora Ana Patrícia Bastos Peixoto ressaltou que o objetivo do EPBEST foi reunir profissionais, professores, pesquisadores e estudantes de graduação e de pós-graduação da área de Estatística, promovendo a apresentação e discussão de novos desenvolvimentos metodológicos e suas aplicações, fomentando e difundindo o uso da Estatística na Região.

estat2

Na manhã desta sexta-feira aconteceram dois minicursos na área de Computação Avançada. O professor Marcus Alexandre Nunes, da UFRN, ministrou o minicurso “Introdução ao Big Data”, enquanto que o professor Borko Stosic, da UFRPE, trabalhou o tema “Introdução à Computação Científica de Alto Desempenho”. Em sua explanação, Marcus Alexandre procurou mostrar como é feita a análise do conjunto de dados em todas as áreas do conhecimento. “Procurei dar uma análise geral de ferramentas que a gente pode utilizar para analisar os dados grandes em gigabytes, terabytes”, explicou. Para ele, as informações repassadas no Encontro foram importantes que os futuros profissionais da área que pretendem estar ligados com as novas tecnologias.

O estudante Pedro Lázaro está no 1º período de Estatística na UEPB e revelou que aprendeu muito com os minicursos, o que contribuirá para a sua formação profissional. A mesma opinião teve o estudante Isaac Pereira Santos, concluinte da Especialização na área. O evento contou ainda com a conferência “Modelando Heterogeneidade Não Observada para Sistemas”, ministrada pela presidente da Associação Brasileira de Estatística (ABE), Vera Lúcia Tomazella, que também participou da mesa redonda “Educação Estatística e Valorização da Profissão”.

Fonte: UEPB

Próximos Eventos