Giro nos Estados

Conselho da Fapesc apresenta programas de incentivo à pesquisa

O Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) se reuniu, na tarde desta terça-feira, 3, em Florianópolis, para apresentar novos programas de incentivo à pesquisa e inovação.

Um dos projetos oferece 20 bolsas para estágio pós-doutoral em empresas. As propostas são aceitas até 7 de fevereiro de 2014, e as selecionadas entram em vigor a partir de abril do próximo ano, quando serão dadas cotas mensais de R$ 4.100,00, por 12 meses, aos contemplados. “Eles podem ser contratados pela empresa (onde foi feito o estágio) terminado o pós-doutorado. Mesmo se voltarem para universidades, fica o vínculo criado pela pesquisa”, conclui Sergio Gargioni, presidente da Fapesc.

Paulo Bornhausen, presidente do Conselho Superior da Fapesc, falou, entre outras coisas, sobre a criação de 11 Centros de Inovação em Santa Catarina. “A intenção é que sejam a mola propulsora da inovação na indústria e no comércio”, disse. Segundo ele, o governador Raimundo Colombo alocou R$ 50 milhões de um total de R$117 milhões para a construção dos primeiros Centros. “Vamos avançar no processo licitatório já em janeiro”, enfatizou Bornhausen.

“Um dos grandes desafios a partir do próximo ano é criar uma sinergia entre todas as ações de inovação no Estado”, ponderou Lúcia Gomes Dellagnello, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável. “Vamos criar o Programa Catarinense de Inovação, e a Fapesc vai ter papel primordial, principalmente no investimento em capital humano.”

Os demais conselheiros deram suas contribuições ao debate a concordaram em aumentar o número de reuniões por ano, de duas para quatro. As datas previstas são 25 de março, 27 de maio, 26 de agosto e 25 de novembro.

Fonte: Fapesc

Próximos Eventos