Giro nos Estados

Ceará inaugura incubadora de empresas de TIC em Maracanaú

Os vinte jovens que passaram pela última seleção do projeto Corredores Digitais em Maracanaú, acabam de receber uma sala totalmente equipada para dar continuidade ao desenvolvimento de incubação das suas empresas. Nesta terça-feira, foi a inauguração das instalações do local, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), que cedeu o espaço para o projeto.

O evento contou com a presença da secretária-adjunta da Secitece, Teresa Mota, do prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, do pró-reitor de extensão do IFCE, Gutenberg Albuquerque Filho, do diretor do campus do IFCE em Maracanaú, Júlio César da Costa, e Oriá Serpa, representante do Sebrae – instituição parceira do projeto, dentre outras autoridades locais.

O pró-reitor de extensão do IFCE, Gutenberg Albuquerque Filho, referiu-se aos integrantes da platéia e da mesa como membros do “Maracanaú Institute of Technology”, fazendo alusão ao famoso e respeitado “Massachusetts Institute of Technology – MIT, por conta do grande potencial intelectual e econômico existente na cidade. Ele afirmou que o projeto conta com total apoio dos docentes do IFCE.

O prefeito Roberto Pessoa enfatizou a importância do projeto Corredores Digitais para a cidade, que possui  um pólo industrial e comercial bem desenvolvidos. “Poderemos agora diminuir a ‘importação’ da mão-de-obra de Fortaleza, para utilizar os trabalhos dos jovens de Maracanaú”, disse. Teresa Mota frisou que os jovens participantes da ação em Maracanaú  servem de vitrine ao mostrar sua capacidade de empreendedorismo. Ela adiantou que a ideia é ampliar o projeto até o final do ano. Atualmente a ação está em 10 municípios do estado: Fortaleza, Maracanaú, Aracoiaba, Aracati, Quixadá, Sobral, Iguatu, Juazeiro, Tauá e Jaguaribe.

A participante do projeto Shara Alves, de 19 anos, que junto com os amigos Átila Camurça e Alberto Nascimento possui a empresa incubada Fidias, de automação comercial, afirma que o Corredores Digitais foi o “empurrão” necessário para pôr em prática uma ideia que já era um sonho da garota. “Hoje tenho mais compromisso com os meus objetivos por conta do apoio recebido. Minha auto-estima está maior, porque sinto que agora a empresa vai dar certo”, revela Shara.

O principal objetivo do Ação Corredores Digitais, realizada pela Secitece, é estimular o desenvolvimento do Estado gerando oportunidades de criação de negócios em TIC por estudantes que tenham concluído ensino médio, preferencialmente, em escolas públicas através do empreendedorismo inovador. Para isso, oferece capacitação em gestão empresarial e apoio à criação e consolidação de empresas inovadoras, via mecanismo de incubadoras na área de TIC. A Secitece tem como parceiros o Sebrae, as prefeituras dos municípios participantes, e em algumas cidades, conta com o apoio do IFCE.

Fonte: Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará

Próximos Eventos