Giro nos Estados

“Ceará Faz Ciência” recebe mais de 300 inscrições de trabalhos

Divulgação dos projetos selecionados será esta semana. Uma vasta programação está prevista nas feiras, que acontecerão nas regiões do Cariri, Norte, Inhamuns e Litoral Leste

Com um mês de divulgação, desde que foram abertas as inscrições, o projeto Ceará Faz Ciência surpreendeu no número de trabalhos inscritos – que somaram mais de 300, com a participação de 180 escolas.

“Esta é uma prova de que a cultura da Ciência vem ganhando espaço no Estado”, destaca Francisco Carvalho, coordenador do Ceará Faz Ciência. O Litoral Leste, que já possui experiência com feiras e popularização da Ciência, teve o maior número de inscrições, com 106 projetos. Em segundo lugar ficou a região Norte, com 74 projetos. O Cariri obteve o terceiro lugar, com 66 trabalhos, e em último lugar a região dos Inhamuns, com 53 projetos cadastrados.

A participação mais expressiva foi de estudantes do Ensino Médio e Técnico, o que, em algumas cidades, implicará também numa nova categoria de classificação dos projetos, já que em alguns casos a quantidade de trabalhos do Ensino Fundamental não foi suficiente para a seleção.

O resultado da etapa classificatória, com a seleção de 100 trabalhos científicos – 25 em cada uma das quatro regiões, será publicada ainda esta semana no site da Secitece (http://www.sct.ce.gov.br) e no do evento (http://eventos.sct.ce.gov.br).

“A partir da divulgação dos resultados, os estudantes selecionados deverão dedicar seu tempo para preparar a apresentação dos seus trabalhos, já que a segunda etapa de avaliação compreende a análise dos protótipos apresentados e aspecto visual do trabalho, a coerência entre o projeto e o resultado final, além da organização. A participação dos membros da equipe também será muito importante”, enfatiza Francisco Carvalho.

As feiras terão início sempre às 16 horas. No Litoral Leste, a cidade-sede do evento é Limoeiro do Norte, no dia 16 de maio, na Praça da Matriz. A segunda região a receber a feira é a Norte, no dia 23 de maio, em Sobral, na Praça do Arco. Em junho, serão mais duas feiras: no Cariri, dia 13 de junho, na Praça da Refesa, município de Crato, e no dia 20 de junho, em Tauá, pela região dos Inhamuns. O evento será no Parque da Cidade.

Visita de representante do MCTI – Será lançada em todas as edições das feiras, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2012, que abordará “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza”. O representante do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e coordenador da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, prof. Ildeu Moreira, estará presente à feira do Litoral Leste, em Limoeiro do Norte, no dia 16 de maio, acompanhando o lançamento e conhecendo a experiência do Ceará na popularização da Ciência. Na oportunidade, a Secitece discutirá com com Moreira novos projetos de popularização para o Estado.

Programação – Além das exposições dos melhores trabalhos de cada região, os eventos estarão recheados de atividades paralelas, que enriquecerão a programação e terão como objetivo o despertar da curiosidade sobre Ciência e a popularização do conhecimento.

Todas as feiras contarão com apresentações do Ciência Itinerante, outra iniciativa da Secitece, com a parceria do CNPq. A equipe do projeto é composta por monitores nas áreas de Física, Química, Biologia e Tecnologia da Informação, que farão demonstrações de experimentos aliando o conhecimento teórico com práticas lúdicas e interativas, despertando a curiosidade e estimulando a gosto pela Ciência nos estudantes.

A Secitece também irá apresentar projetos de destaque na área desenvolvidos por suas vinculadas, como uma mini-usina de biodiesel, do Nutec, e uma mini-estação para coleta de dados meteorológicos, da Funceme.

As universidades estaduais também estarão presentes nos eventos, com a exposição do “Concreto Translúcido”, criado pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e uma mostra do Geopark Araripe, da Universidade Regional do Cariri (Urca). O Geopark está localizado no sul do Ceará e possui registros geológicos e paleontológicos considerados patrimônio da humanidade.

O Instituto Centec, através do Centro de Formação de Instrutores (CFI), levará exposição e monólogo sobre Marie Curie, cientista que foi Prêmio Nobel em Química em 1911. Ela estará sentada com vestido preto numa réplica do laboratório onde realizou os experimentos que a levaram à descoberta de dois novos elementos químicos, o polônio e o rádio. Com base em fotos da época, foi produzida a vidraria típica do laboratório, a mesa de trabalho e as vestes de Marie Curie.

Haverá ainda exibição de documentários produzidos pela Funcap para divulgação científica e dos principais cientistas cearenses. Em cada edição será realizada ainda uma Mostra Cultural, com a exibição de talentos artísticos das regiões.

Agende-se!
Datas e locais das feiras do Ceará Faz Ciência:

Litoral Leste
16 de maio – Limoeiro do Norte (Praça da Matriz)
Região Norte
23 de maio – Sobral (Praça do Arco)
Região do Cariri
13 de junho – Crato (Praça da Refesa)
Região dos Inhamuns
20 de junho – Tauá (Parque da Cidade)

*As feiras terão início sempre às 16 horas.

Mais informações: http://www.sct.ce.gov.br | http://eventos.sct.ce.gov.br | (85) 3101-6466

Fonte: SECITECE-CE

Próximos Eventos