+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Bahia sedia 2ª Olimpíada de Matemática da comunidade de países da língua portuguesa

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação apoia a iniciativa

Começa hoje (20), em Salvador, a 2ª Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa. A competição, que vai até o próximo sábado (28), envolve a participação de estudantes de ensino médio dos oito países de expressão portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné–Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

A competição na Bahia é apoiada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SECTI) e tem como objetivo a melhoria da qualidade de ensino e a descoberta de jovens talentos em matemática, fundamental para o desenvolvimento científico e tecnológico, além de incentivar a troca de experiências entre os países participantes.

“É importante sediar essas competições que desafiem a inteligência para estimular os nossos jovens a tomar gosto pela matemática. Cultivar o talento dos jovens é o caminho para o fomento do desenvolvimento científico e tecnológico” avalia Paulo Câmera, Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Cada país participante terá uma equipe de quatro estudantes de até 18 anos e dois professores líderes. O Brasil será representado pelos jovens Daniel Santana Rocha (RJ), Daniel Lima Braga (CE), Murilo Corato Zanarella (SP) e Victor Oliveira Reis (PE), todos premiados na 33ª. Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) em 2011. A equipe é liderada pelos professores Marcelo Mendes de Oliveira (CE) e Guilherme Philippe Figueiredo (SP).

Durante as provas, realizadas em dois dias consecutivos, os estudantes terão três horas e meia, em cada dia, para resolver três problemas de matemática, propostos pelos países participantes e selecionados por um júri internacional. Os problemas abrangem disciplinas como álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória. Os estudantes deverão desenvolver soluções criativas na tentativa de resolvê-los para assim conquistar medalhas de ouro, prata ou bronze, as quais serão distribuídas segundo percentuais mínimos de acerto.

Além da olimpíada, será realizada nos dias 21 e 22, a 1ª Jornada Internacional do Ensino de Matemática. Durante o evento, cujas inscrições são gratuitas, serão oferecidas palestras e sessões de trabalho sobre problemas de matemática. A jornada é voltada para estudantes e professores das escolas do Estado da Bahia.

Fonte: Ascom – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SECTI) – Bahia

Próximos Eventos