+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Assembleia Legislativa do Amazonas aprova reforma administrativa de Melo com extinção da Secti

A Assembleia Legislativa do Estado aprovou, na manhã desta quinta-feira o Projeto de Lei 43/2015, de autoria do Governo do Amazonas, que altera a estrutura administrativa do Poder Executivo, a chamada reforma administrativa. Com 16 votos favoráveis e cinco contrários, os deputados extinguiram a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e incorporaram as atividades da pasta à Secretaria de Estado de Planejamento, que será chamada de Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, com a sigla Seplan.

A proposta original foi alterada pelo próprio Poder Executivo para contemplar em duas secretarias as políticas de juventude e mulheres. A primeira foi incorporada à Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, que ganhou a palavra Juventude, como é atualmente; a segunda, de política para as mulheres foi incorporada à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania.

As inclusão de Juventude e Mulheres foi uma reivindicação da oposição, que apresentou emendas ao projeto original, mas o governo preferiu alterar a proposta para não dar margem à votação das emendas e um gostinho de vitória aos parlamentares.

Votaram contra a reforma, em função da extinção da Secti, os deputados José Ricardo (PT), Luiz Castro (PPS), Alessandra Campêlo (PCdoB), Vicente Lopes (PMDB) e Wanderley Dallas (PMDB). Sinésio Campos estava no plenário, mas não votou. Estavam ausentes os deputados Cabo Maciel (PR) e Serafim Corrêa (PSB).

Fonte: Amazonas Atual

Próximos Eventos