+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Amapá anuncia Edital para o Programa de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico Regional

Como parte dos R$ 2 milhões de investimentos em pesquisas e qualificação, o Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá torna público o processo de seleção de bolsistas para atuarem no Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional.
O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por intermédio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) mantém parceria na elaboração do Programa. Ao todo serão investidos R$ 108 mil;
O Programa é destinado a atrair e fixar pesquisadores em instituições públicas ou privadas que atuem em investigação científica ou tecnológica.
Além disso, visa o fortalecimento dos grupos de pesquisa existentes, a criação de linhas de pesquisa de interesse regional e a consolidação de uma base científico-tecnológica capaz de alavancar setores e atividades consideradas de importância estratégica para o desenvolvimento do Amapá.
De acordo com o Edital, os pesquisadores deverão optar por uma modalidade que pode ser: regionalização (caracterizada pela atração de doutores para instituições públicas de ensino superior e pesquisa) e fomento a competitividade/DCR empresarial (caracterizada pela atração de doutores, mestres, engenheiros e especialistas em P & D).

Benefícios
Os bolsistas selecionados receberão uma (01) bolsa de Desenvolvimento Científico Regional — DCR, por um período de no máximo 36 (trinta e seis) meses, na categoria e nível aprovados pelo CNPq (mínimo R$2.800,00 e máximo R$5.200,00). A concessão da bolsa fica condicionada à ausência de qualquer vínculo empregatício por parte do candidato e será paga diretamente pelo CNPq ao pesquisador;
a) Na vertente de fomento à competitividade (DCR Empresarial), os candidatos selecionados farão jus a uma bolsa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional – DCR, pelo período de até 36 (trinta e seis) meses, no nível de enquadramento feito pelo CNPq, em consonância com o subitem 9.5 RN-016/2006 – Bolsas Individuais no País e a Tabela de Valores de Bolsas e Taxas no País. Neste caso o CNPq contribuirá com 70% da bolsa no primeiro ano, 50% no segundo e 30% no terceiro. A complementação desses valores deverá ser paga pelo setor empresarial através de repasse à Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (FAPEAP).
no valor de R$1.500 a ser pago mensalmente.
Contudo, os selecionados terão direito a auxílio-instalação, passagem aérea nacional, auxílio à pesquisa (valor máximo R$ 36 mil), aquisição de equipamentos e softwares, material bibliográfico, material de consumo para pesquisa, serviços de terceiros para pesquisa, diárias e passagens, utilizadas em função da execução da pesquisa.

Como participar
As propostas deverão ser entregues em envelope lacrado, pessoalmente ou enviadas pelo correio (será considerada a data de postagem) no seguinte endereço:
Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia – SETEC, Avenida Professora Cora de Carvalho, 1812, Centro, CEP. 68.900-040.
O resultado da avaliação de cada proposta será divulgado 45 dias após a homologação da inscrição. As propostas selecionadas pela SETEC serão submetidas à homologação do CNPq e publicadas na página da SETEC (www.setec.ap.gov.br) e no Diário Oficial do Estado.
Esclarecimentos e informações do Edital podem ser obtidos junto à SETEC pelos telefones (96) 32168620 / 32168611, ou na página www.setec.ap.gov.br.

Fonte: Setec AP

Próximos Eventos