Giro nos Estados

Agentes de inovação melhoram desempenho de supermercados em Goiânia

Em Goiânia, dois supermercados investiram na identidade visual e nas instalações internas para chamar a atenção dos consumidores. A empresária Deuseni Souza da Silva, que trabalhava numa padaria, tinha o sonho de abrir o próprio negócio. Há três anos, ela alugou um galpão e montou um pequeno mercado. Ao perceber que poderia melhorar os resultados da empresa, Deuseni procurou orientação do Sebrae.

Os consultores do programa Agentes Locais de Inovaçao (ALI) aconselharam a empresária a melhorar o visual da loja. Então, ela investiu R$ 37 mil na mudança da fachada, no uniforme dos funcionários e no interior do estabelecimento. Após essas mudanças, Deuseni passou a faturar cerca de R$ 40 mil por mês.

Em outro supermercado de Goiânia, os empresários Suelma Moreira Lopes e Nirso Donizete Lopes investiram R$ 11 mil para iniciar a empresa, mas, mesmo com faturamento de R$ 50 mil por mês, já pensavam em desistir do negócio. Quando o Sebrae os orientou a trocar os equipamentos da loja, eles adquiriram novo ânimo. Investiram mais em produtos e mudaram todo o visual do supermercado. A fachada foi reformulada e, agora, a empresa fatura mais de R$ 180 mil por mês.

Fonte: Agência Sebrae

Próximos Eventos