+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Acordo de Cooperação entre Secretaria de Ciência, Tecnologia & Inovação e Ambiotec vai fortalecer biotecnologia em Pernambuco

O acordo abre caminho para a estruturação de projetos, compartilhamento de tecnologias, fomento ao empreendedorismo e impulso à qualificação profissional no setor. A Biotecnologia está em grande ascensão. Estimativas de mercado mostram que, nas próximas duas décadas, ela tem potencial para injetar US$ 53 bilhões por ano ao Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Para o secretário de CT&I, Lucas Ramos, Pernambuco tem potencial para ocupar papel de protagonismo no setor. “Queremos ocupar espaço de destaque nesse imenso oceano azul de oportunidades que a Biotecnologia apresenta. Pernambuco já é referência como polo de Saúde e como ecossistema de Inovação, além de ser destaque internacional em produção científica. O acordo de cooperação técnica é passo importante na construção de um futuro melhor para a população”, destacou Lucas Ramos.

Para a presidente da Anbiotec, Vanessa Silva, a assinatura do acordo é um grande momento para a Associação, pois marca a chegada deles ao Estado. “A partir de agora, vamos alavancar, ainda mais, o potencial inovador de toda cadeia produtiva de Bioeconomia de Pernambuco e do Nordeste do Brasil”, disse a presidente.

A Anbiotec é uma associação com mais de 70 associados – de pequenas a grandes empresas – sendo a maior rede empresarial do setor de Biotecnologia do País e uma das maiores da América Latina. Juntos, seus membros possuem faturamento de mais de 1 bilhão de dólares por ano.

“Acreditamos que a atuação em rede, envolvendo academia, setores produtivos, Poder Público e sociedade, é crucial para alcançarmos o desenvolvimento sustentável e combater as desigualdades. Essas são premissas do Acordo assinado junto à ANBIOTEC e de uma série de projetos liderados pela Secti”, reforçou o secretário Lucas Ramos.

Outro destaque é que os projetos e iniciativas apoiados pelo Acordo estarão em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (Organização das Nações Unidas), entre os quais, construir infraestruturas resilientes e promover a industrialização inclusiva e sustentável.

Fonte: SECTI Pernambuco em 24/05/2021

Próximos Eventos